i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Pandemia de coronavírus

Resultados mostram que ordens de ficar em casa estão freando disseminação de Covid-19

  • PorKevin Pham*
  • The Daily Signal
  • 12/04/2020 11:48
As ruas de Manhattan, Nova York, estão quase vazias por causa da pandemia do novo coronavírus, 10 de abril de 2020
As ruas de Manhattan, Nova York, estão quase vazias por causa da pandemia do novo coronavírus, 10 de abril de 2020| Foto: Spencer Platt/ Getty Images/ AFP

As ordens estritas de ficar em casa impostas para inibir a disseminação da Covid-19 alteraram drasticamente a vida diária e impuseram um fardo tremendo para a economia.

Os americanos estão compreensivelmente frustrados com essas medidas restritivas, mas os dois estados mais atingidos pelo vírus nos EUA mostram que essas medidas estão funcionando.

Não, eles não estão fora de perigo ainda, mas Nova York e Washington estão progredindo.

Até o momento em que este artigo foi escrito, o estado de Nova York possui quase 160.000 casos de Covid-19. A doença tem sido particularmente severa para a cidade de Nova York por causa de seu intenso tráfego internacional, dependência do transporte público e extrema densidade populacional.

A ordem "Estado de Nova York em PAUSA" do governador Andrew Cuomo entrou em vigor em 22 de março, há pouco mais de duas semanas. Onze dias depois, o número de mortes diárias atribuídas à doença diminuiu, levando Cuomo a expressar esperança de que a doença esteja atingindo seu ápice.

Era muito cedo para a "quarentena" ter apresentado efeito total, no entanto.

Anthony Fauci, o principal imunologista da força-tarefa do presidente Donald Trump contra o coronavírus, afirma que qualquer progresso realizado "é um reflexo do que aconteceu há duas semanas e meia".

Não é de surpreender que o número de mortes no estado de Nova York tenha aumentado novamente nesta semana. Mas especialistas preveem que a epidemia em Nova York em breve estabilizará.

Por exemplo, Nova York agora projeta que a demanda por novos leitos hospitalares atingirá um ponto de inflexão em questão de dias, não semanas, como previsto anteriormente. Quando esse ponto for alcançado, Nova York exigirá menos leitos novos todos os dias até o início de maio, quando espera liberar mais pacientes do que receber novos pacientes com Covid-19.

Washington foi o primeiro estado a ser atingido com força pelo vírus. Em 20 de janeiro, um homem que viajou de Wuhan para Seattle teve resultado positivo para Covid-19. Mas, na época, a Organização Mundial da Saúde (OMS) ainda relatava que não havia transmissão da doença de pessoa para pessoa. O estado, portanto, não sentiu necessidade de se preparar para uma pandemia - nem teve tempo para fazê-lo.

Como resultado, Washington foi o estado do país com mais casos de Covid-19 de janeiro a 15 de março, quando foi superado por Nova York. Desde então, Washington continuou caindo em relação a outros estados e atualmente ocupa o 10º lugar em número de casos, provavelmente devido a ações precoces e agressivas do governador.

Em 29 de fevereiro, o governador de Washington, Jay Inslee, declarou estado de emergência para melhor mobilizar recursos contra o vírus. Em seguida, ele aprovou uma série de medidas de contenção, fechando as escolas em 12 de março, fechando bares e restaurantes em 16 de março e barrando visitantes a unidades de cuidados prolongados em 17 de março. Essas etapas culminaram com uma ordem de permanecer em casa em 23 de março.

O Instituto de Métricas e Avaliações em Saúde (IHME) agora projeta que a demanda por recursos hospitalares em Washington atingiu o pico em 2 de abril. Confiante na trajetória da doença, o governador Inslee decidiu devolver 400 respiradores que o estado havia recebido dos estoques federais para que eles pudessem ser redirecionados para Nova York ou outros estados que possam ter maior necessidade.

Medidas de contenção exigem a cooperação do público. No estado de Washington, as pessoas entenderam a gravidade da situação e fizeram sua parte. O presidente Donald Trump reconheceu neste sábado, dizendo em uma coletiva de imprensa:

Muitos governadores inicialmente fizeram grandes pedidos de apoio federal a seus estados, antecipando um número maior de casos, mas os residentes do estado de Washington fizeram um ótimo trabalho em seguir as diretrizes federais de distanciamento. Eles realmente fizeram.

Embora o estado de Washington tenha feito grandes progressos na luta contra a Covid-19, levará mais tempo para solidificar esses ganhos. O governador Inslee estendeu a ordem de ficar em casa até 4 de maio. Isso é prudente; as pessoas ainda estão infectadas com o vírus, embora o crescimento nos casos esteja começando a se estabilizar.

O custo econômico das ordens de permanecer em casa tem sido grande. Mas Nova York e Washington, os dois locais iniciais do surto nos Estados Unidos, agora mostram sinais de progresso, indicando que ações agressivas estão tendo o efeito desejado.

O inimigo invisível que ataca os Estados Unidos não poupou estado ou região. Mas é importante lembrar que haverá um fim nisso tudo. A maré parece estar mudando nesses estados, sugerindo que o fim pode estar próximo.

*Kevin Pham é médico e ex-bolsista de pós-graduação em Políticas de Saúde na Heritage Foundation.

©2020 The Daily Signal. Publicado com permissão. Original em inglês

14 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 14 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • F

    Freitas

    ± 7 horas

    UMA PARTE DO PREÇO DO ISOLAMENTO >>> https://brasil.elpais.com/sociedade/2020-04-10/todo-mundo-em-wuhan-padece-de-um-trauma.html

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • F

      Freitas

      ± 9 horas

      Claro que, ficando em casa, freia a disseminação. Mas, e os custos? Se todo feriadão, decretassem que ninguém poderia viajar, não teríamos mortes por acidentes nas estradas. Mas, e as consequências desse bloqueio?

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • E

        Eduardo Prestes

        ± 12 horas

        Dãã, se ficar em casa isolado, não pega nem gripe. Mas o estrago na economia é enorme e garantido. Na minha região, houve ZERO mortes por coronavírus. Não há motivo para ficar em casa. E todo mundo retomou as atividades na semana passada, com precauções. Show, é assim que tem que ser, cada um é responsável por sua saúde e cada um sabe o que é mais urgente. Para muitos, é dinheiro o maior problema...

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        1 Respostas
        • C

          Cidadão Brasileiro

          ± 11 horas

          Ô sabichão, pela sua recomendação quando o primeiro aparecer já terá espalhado o vírus por uns 10 dias. Queria ver você manter a opinião, se pegar o vírus e precisar de hospital, na porta de saída, pela qual espero que você saia nessa eventualidade. Há quem possa aconselhá-lo melhor, alguém por experiência própria. Boris Johnson tb era negacionista e pró imunização de rebanho...

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

      • J

        José Carlos

        ± 12 horas

        Antes quê os preguiçosos e vaga.bundos quê apoiam a quarentena se manisfestem, vejam que a matéria fala dos Estados Unidos, fiquem a vontade para irem residir lá.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • T

          Thinker

          ± 12 horas

          Para os principais sanitaristas e economistas o isolamento social é a única ferramenta eficaz para diminuir a curva da pandemia e não levar ao desastre social e econômico acelerado. Mas, parece que no Paraná o Governo fez cara de paisagem quando a Associação Comercial sugeriu a reabertura do comércio. Apesar de simples notas de recuo posterior, a sociedade ouviu as falas iniciais da ACP, para abrir as portas, e do Governo do Estado, de que só havia recomendação de fechamento e não obrigação. O que mais se viu na sexta e sábado de véspera de Páscoa foi o povo na rua sem máscaras e as lojas funcionando. Infelizmente a conta pode chegar nas próximas semanas.

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          1 Respostas
          • N

            Nícolas

            ± 12 horas

            Governo do Estado está mais perdido que cego em tiroteio. Raramente se escuta um "a" vindo do governador ou de sua equipe...

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

        • T

          Thinker

          ± 12 horas

          Infelizmente ainda há muitas pessoas que não valorizam a ciência e preferem escutar os leigos e seus fanatismos, assim como ocorreu na idade média quando queimavam que dizia que a terra era redonda.

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          2 Respostas
          • C

            Cidadão Brasileiro

            ± 11 horas

            Zyss: tentativa e erro não é método científico, nunca foi... só na sua pós-verdade!

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

          • Z

            Zyss

            ± 12 horas

            Inteligentinho burro, a tal ciência se faz por método de tentativa e erro. Não existe ciência na quarentena... Larga mão de ser burro e pagar de exxpertinho

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

        • Z

          Zyss

          ± 13 horas

          Mostra que a quarentena está destruindo a sociedade... Bando de retardhadhos.

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • R

            Rui

            ± 13 horas

            Quando a quaretena acabar o vírus também acaba!? Seria essa estratégia !? Quem é suscetível quando a quaretena acabar será resistente!? Puxa que bom, né!!!

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            • M

              Marcelo Gurgel

              ± 13 horas

              A estratégia da quarentena é como enxugar gelo, qdo a quantidade de óbitos desta primeira onda diminuir termina a quarentena e a população volta às ruas sem anticorpos e ainda sem vacina e logo de forma exponencial voltará o número de pessoas contaminadas, e a nova quarentena. Se for assim é melhor deixar que as pessoas decidam como viver e sobreviver a esta tragédia.

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              1 Respostas
              • C

                Cidadão Brasileiro

                ± 10 horas

                Quando a quantidade de leitos disponíveis estiver estável (demanda < ou = oferta), pode-se afrouxar progressivamente. Até lá, não desafie a sorte e fique em casa. A economia se recuperou pós 1929 e WWII, quem nunca se reergueu foram os mortos.

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

            Fim dos comentários.