Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Supostos militantes do noroeste paquistanês retiraram os passageiros de três ônibus e mataram 22 deles nesta quinta-feira (16), em um aparente ataque sectário, segundo autoridades.

Autoridades disseram que 15 homens armados e fardados verificaram as carteiras de identidade dos passageiros e abriram fogo ao descobrirem que eles eram xiitas.

"Está confirmado que pelo menos 22 pessoas morreram", disse uma fonte policial graduada. O ataque ocorreu ao alvorecer na região de Lulusar, perto da cidade de Gilgit.

O Paquistão é um país onde a maioria sunita da população em geral convive de forma pacífica com os xiitas, mas extremistas de ambos os lados têm um histórico de cometerem ataques sectários.

Grupos sunitas inspirados na Al Qaeda frequentemente atacam minorias religiosas como os xiitas do Paquistão, país estratégico para os Estados Unidos no seu combate à insurgência do Taliban.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]