i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Artigo

Quando tudo passar…

  • PorRoberto Issamu Yosida
  • 22/08/2020 08:00
Máscara durante pandemia de coronavírus
Pessoas usando máscaras na rua.| Foto: Jonathan Campos/Arquivo/Gazeta do Povo

Como pensaremos quando tudo passar? Faremos um rescaldo e um balanço. E todos chegarão à conclusão de que estavam certos.

Quem pensou que o isolamento foi cedo demais, tardio ou ideal, acreditará que acertou. Aqueles que acreditaram em medicamentos continuarão na sua crença. Outros que seguiram a ciência terão a certeza da sua verdade. Quem achou bom ou ruim persistirá na sua opinião.

É a nossa humanidade que prevalecerá plural e diversa. Todas as incertezas provavelmente continuarão em nossas mentes. Ninguém será vencedor porque, nesse caso, só há perdedores. Como numa guerra qualquer, lamenta-se que tenha existido.

Então novos fatos surgirão e hábitos serão incorporados ao cotidiano. Crianças que nasceram nos dias que correm conviverão com novas rotinas que para eles serão normais, assim como são computadores e celulares para as crianças um pouco maiores.

O passado será, como foi em outras épocas e lugares, um registro histórico de que houve uma pandemia. Sua causa foi o – agora velho – “novo coronavírus”. Viveremos com esse e os demais vírus em uma simbiose sinistra que acometerá ora um, ora outro. Teremos, então, uma droga específica e tratamento para aqueles que não se imunizaram pela vacina.

Muitos mudarão sua atitude por convencimento ou por temor. Conceitos como vacinas, crescimento exponencial e estudos randomizados serão conhecidos pelos estudantes precocemente. As crianças desejarão ser médico epidemiologista, pois sabem sua função e importância.

Será um mundo diferente, como diferentes são as pessoas. Eis a razão e a emoção de ser humano.

Roberto Issamu Yosida é presidente do Conselho Regional de Medicina do Paraná.

7 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 7 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • I

    ivan garcia goffi

    ± 5 horas

    NÃO CLASSIFICO COMO "DIAS TERRÍVEIS". São dias como muitos, de nossa história humana. Dias como ocorrerão em várias etapas de nossa evolução. Mortes que apenas assustam pelo nome novo de um vírus, mas que igualmente foram aceitas como as muitas mortes que nem mesmo dávamos mais importância (a malária mata 1milhão por ano ao redor do mundo, e ninguém mais liga para isso). Apenas na cidade do Rio de Janeiro NOVE crianças morreram com balas perdidas neste ano, e ninguém nem lê mais as notícias. Violência e trânsito matavam, até 2019, 110.000 brasileiros por ano, e ninguém mais se importava. A VIDA VAI SEGUIR SEU CURSO. VAMOS NOS ACOSTUMAR

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • W

    waldir rodrigues de morais

    ± 16 horas

    Uns sairão grandes destes dias terriveis , mas outros sairão bem menores Ja está saindo noticias de que medicamentos que poderiam salvar vidas aqui salvarão vidas na China desde de Fevereiro O que estes medicos que negaram a receita para se comprar estes medicamentos por estar do outro lado ideologico dirão a pais, mães,avos e filhos que perderam entes queridos nesta pandemia Não podemos deixar cair no esquecimentos estes dias que passamos,JAMAIS...Deve-se procurar os culpados sim As eleicões estão ai Procure e veja quem estava ao seu lado e quem estava contra a tua sobrevivencia nestes dias ....

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    Silvio Luhm

    ± 18 horas

    Se houver um mínimo de honestidade nos estudos futuros as estatísticas servirão para mostrar a verdade desta época.Os números não mentem, porém podem ser torturados até confessarem o que desejam alguns. Como uma Pessoa que é enganada por um estelionatário se envergonha em reconhecer o erro, grande parte da sociedade viverá em dissonância cognitiva,achando que estava certa e "fez o que era necessario",ignorando que os números ,desde o princípio mostravam a Real situação.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    ALVARO JOSE JUNQUEIRA NUNES

    ± 20 horas

    Acredito que esta batalha contra o vírus foi na base do cada um por si. Foram tantas incoerências de todas as partes que cada um se tratou como achava. Coordenação e consenso jamais existiram, o bom senso pessoal salvou os sobreviventes. Se espera que cada um tenha aprendido lições para a sequência da vida, quem não o fez perdeu uma grande oportunidade.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Marcus Pinheiro Machado

    ± 1 dias

    será que vão terminar a obra da trincheira da Mario Tourinho?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Mário Kume

    ± 1 dias

    Estamos acostumados a ver tragédias mundiais mas nunca sentimos na pele o que é uma pandemia. O temor de que poderia morrer ou perder um ente querido... pânico, desastre financeiro, proteção dos filhos e netos... tanta negatividade passou pela nossa cabeça desde fevereiro deste ano. Aprendemos que o espírito comunitário vigoroso enraizado nos países como o Japão por aqui andava esquecido na prateleira porque nunca precisamos preocupar, porem ficou um grande ensinamento de que somos seres sociais (hoje do avesso mas somos) e que temos que preocupar com a comunidade. Um fato que jamais esquecerei é de que esqueceram totalmente das medicações preventivas e perdemos vidas preciosas...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    ALVARO JOSE JUNQUEIRA NUNES

    ± 2 dias

    O mais importante é que cada pessoa tenha a capacidade de refletir sobre os males causados por este virus, sejam as mortes ou as dificuldades na vida diária. E que, PRINCIPALMENTE, cada um extraia um aprendizado particular para orientar sua vida pessoal e comunitária no sentido de ser melhor e contribuir com hábitos que evitem novas tragédias. Que haja fraternidade, amor ao próximo, honestidade e que volte a alegria para uma nova realidade. Nossa fragilidade comprova que todos somos iguais.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.