Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Senadores na sessão da CPI da Covid
Senadores na sessão da CPI da Covid| Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senad

Para começar este resumo de notícias. A CPI da Covid retoma os depoimentos nesta terça-feira (11). O primeiro a falar aos senadores é o diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antonio Barra Torres. Ainda nesta semana, vão depor o ex-secretário de Comunicação da Presidência, Fábio Wajngarten, e representantes da Pfizer no Brasil. O ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello teve seu depoimento adiado para o dia 19 de maio, mas o vice-presidente da CPI, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), já afirmou: caso não diga a verdade, Pazuello poderá ser detido.

Tratamento precoce. Um dos assuntos que o governo federal prepara para abordar na CPI é o tratamento precoce. Saiba quais argumentos favoráveis serão apresentados. O PDT apresentou uma notícia-crime contra o presidente Jair Bolsonaro por “excessiva difusão” da hidroxicloroquina.

Expectativa. Por enquanto, representantes do governo estão divididos quanto aos resultados positivos e negativos da CPI. Rodolfo Costa mostra como o Planalto avalia os primeiros depoimentos e onde acha que a articulação política pode melhorar.

Utilidade pública  

Origem do coronavírus. Após mais de três milhões de mortes, a origem da pandemia do coronavírus continua incerta. O jornalista Nicholas Wade levantou um conjunto de hipóteses que reforça as evidências de que o vírus escapou de um laboratório. Confira o artigo. A Organização Mundial da Saúde (OMS) classificou a variante encontrada na Índia como de “preocupação global”.

Transmissão da Covid. Dois estudos recentes trazem informações relevantes sobre a Covid-19. O primeiro, conduzido pela Fiocruz juntamente com instituições internacionais, aponta que crianças transmitem menos o coronavírus que adultos. Já o segundo avaliou o que leva um cônjuge a contrair a Covid-19 e o outro não.

Atualização. O Brasil registrou nesta segunda mais 889 mortes por Covid-19 e 25.200 novos casos da doença, segundo boletim do Ministério da Saúde. Ao todo, o Brasil já contabiliza 15.209.990 diagnósticos positivos e 423.229 óbitos. Quanto à vacinação, até o momento foram imunizados 31.993.526 com a primeira dose e 15.207.158 com a segunda.

Política e economia

Licenciamento ambiental. Está na pauta da Câmara dos Deputados desta terça o projeto de lei que estabelece novas regras para o licenciamento ambiental. Em tramitação há mais de 15 anos, a proposta cria uma lei geral para a emissão de licenças ambientais para obras e empreendimentos com regras relacionadas a essas autorizações. Cristina Seciuk explica o que pode mudar.

Investigação. O subprocurador-geral Lucas Rocha Furtado pediu que o Tribunal de Contas da União (TCU) investigue a reserva de R$ 3 bilhões no Orçamento de 2020 feita pelo governo federal para liberar emendas aos parlamentares governistas. Já o procurador-geral da República, Augusto Aras, rejeitou pedido para investigar cheques enviados por Fabrício Queiroz à primeira-dama Michelle Bolsonaro.

Giro pelo mundo. Uma nova onda de ataques dos grupos terroristas Hamas e da Jihad Islâmica, desde a Faixa de Gaza, foi registrada na região central e Sul de Israel. Os ataques provocaram resposta das forças de defesas israelenses. Na França, uma carta anônima atribuída a militares sugeriu que “uma guerra civil está se formando”.

O que mais você precisa saber hoje

Tecnologia. Por que tablets, laptops e celulares não vão salvar a educação pós-pandemia

Feminicídio. Caso Tatiane Spitzner: Manvailer é condenado a 31 anos de prisão pela morte da esposa

Educação. Justiça concede liminar que autoriza jovem que fez homeschooling a se matricular na USP

Eleições 2022. Bolsonaro precisa do centro? Aliados aconselham diálogo com eleitorado menos radical

Colunas e artigos

Clássico cancelado. Nem mesmo os clássicos infantis estão passando batidos pela chamada cultura do cancelamento. Agora é a vez de Branca de Neve, como mostra Madeleine Lacsko. Um artigo de Christopher F. Rufo revela que, com seus treinamentos para funcionários, a Disney se tornou o lugar mais progressista da Terra. Marcio Antonio Campos, do blog Tubo de Ensaio, relembra os 90 anos de um texto curto, porém, fundamental para a ciência moderna.

Nossa visão  

Balança comercial. As relações econômicas do país com o resto do mundo são representadas por uma peça da contabilidade nacional chamada “balanço de pagamentos”. Desse grupo de contas faz parte a balança comercial, que registra as exportações e importações de bens tangíveis, e tem especial importância. Tema para o nosso novo editorial: Um momento internacional vantajoso para o Brasil.

O agronegócio brasileiro é um dos setores que mais evoluíram em termos de tecnologia e produtividade, tanto que está, ano após ano, ajudando o país a formar receitas de exportações. E, no atual momento, mesmo com a grave pandemia, o agronegócio dará relevante contribuição à balança comercial. A alta de preços internacionais de produtos como soja e minério de ferro pode dar ao Brasil um saldo positivo de US$ 73 bilhões na balança comercial em 2021, superando o recorde de US$ 56 bilhões, no ano de 2017.

Para inspirar

Montanhas na decoração. Quer renovar o ambiente de casa sem gastar muito? Uma das tendências mais quentes é a parede com pintura de montanha, capaz de trazer formas, contrastes e clima de natureza para dentro de casa. Sharon Abdalla, da Haus, mostra que esse é um trabalho que você mesmo pode fazer. Um bom dia e uma ótima semana!

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]