Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Maia e Alcolumbre
Maia e Alcolumbre: cada um no seu jatinho.| Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Bom dia!

Para começar. O jornalista Lúcio Vaz levantou as viagens do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), em 2019. Foram 230 em aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB). Em uma delas, para Nova York, Maia e o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, participaram do mesmo evento. Foram e voltaram nos mesmos dias. Seria melhor que viajassem juntos, certo? Errado. Maia e Alcolumbre viajaram em dois jatinhos diferentes da Força Aérea Brasileira (FAB). Confira essa e outras andanças luxuosas de Maia pelo Mundo.

Cronologia do caos. Uma linha do tempo mostra claramente que o colapso do INSS estava anunciado. Confira na reportagem de Rosana Felix quais foram os primeiros sintomas e como, ano a ano, o órgão federal foi piorando na UTI até entrar em quase “estado vegetativo”.

“Tudo tem seu tempo”. Em Brasília, o governo lançou sua própria campanha de prevenção à gravidez na adolescência. Nossa correspondente Isabelle Barone acompanhou todos os detalhes dessa ação lançada em conjunto pelos ministérios da Saúde e da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH).

Além de Maia e Alcolumbre: o mais importante de ontem no Brasil

Nossa visão

Editorial. A Gazeta do Povo analisa por que, apesar de um crescimento do PIB estimado em 1,2% no Brasil, o investimento continua baixo. Leia agora e confira abaixo um dos motivos:

A primeira explicação é que o PIB do ano passado (estimado em R$ 7,15 trilhões) não cresceu mais porque o total de investimento ficou em apenas 15,5% do PIB, ou seja, R$ 1,11 trilhão. Vale lembrar que quem faz investimentos são empresas, municípios, estados e União.

Deltan na Gazeta. Coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato em Curitiba, Deltan Dallangol está escrevendo uma série de artigos para a Gazeta do Povo. Na segunda-feira (3), o procurador fez um alerta: a colaboração premiada está em risco. Veja na íntegra o artigo: Torniquetes que estancam a sangria causada pela colaboração premiada. Segue um trecho:

Se o propósito era exigir penas maiores, o único caminho seria tornar a pena da corrupção mais séria. O Congresso poderia, nesse sentido, ter aprovado a proposta original do projeto anticrime, que endurecia a pena da corrupção de modo geral, em vez de enrijecer a pena dos colaboradores em particular.

Mundo

Os mortos por infecção do novo tipo de coronavírus não poderão ser enterrados nem terão direito a uma cerimônia de despedida. Para controlar o surto, a China estabeleceu regras para o tratamento dos restos mortais dos infectados, que terão de ser cremados em funerárias designadas.

Uma pesquisa recém-publicada ajudou a esclarecer as origens do novo tipo de coronavírus. Os resultados do estudo de uma equipe de 32 pesquisadores apontam que não foram os morcegos os transmissores dos primeiros casos de coronavírus na China; um outro animal selvagem comercializado no mercado de frutos do mar na cidade de Wuhan deve ter sido o hospedeiro intermediário entre morcegos e humanos.

Para inspirar

Em um fusca. Por falar em notícias internacionais, a Equipe Sempre Família descobriu aqui mesmo em “nosso quintal” uma história daquelas. Uma família fugiu da Venezuela, viajou 6 mil km [em um fusca] e encontrou, enfim, a solução no Paraná. Leia na reportagem de Raquel Deverevecki.

Tenha uma ótima semana.

16 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]