Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Covaxin reação
Bolsonaro vai promover novas mudanças na equipe de governo.| Foto: Marcos Correa/PR

Para começar este resumo de notícias. Durante uma entrevista nesta quarta-feira (21), o presidente Jair Bolsonaro anunciou que irá promover, na próxima semana, uma nova reforma ministerial. Embora não tenha detalhado, as mudanças já são sabidas. O senador Ciro Nogueira, presidente nacional do PP e um dos líderes do centrão, assumirá a Casa Civil da Presidência da República. Já o atual ministro-chefe da Secretaria-Geral, Onyx Lorenzoni, será transferido para o Ministério do Trabalho e Emprego, que será recriado. Em seu lugar, assumirá o atual ministro-chefe da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos.

Surpreso. Ramos disse que não sabia de sua saída da Casa Civil e afirmou, em tom de brincadeira, que foi “atropelado por um trem”. Na Economia, Paulo Guedes disse que o ministério irá passar por uma “reorganização interna”.

Objetivos. A nova reforma ministerial tem por objetivo ampliar a reorganização de forças no xadrez político das eleições de 2022. Ela sugere ainda que o governo mudará os rumos de sua política, inclusive a econômica. Rodolfo Costa dá os detalhes.

Utilidade pública

Tributação. Rebatendo afirmações do secretário da Receita Federal, José Tostes Neto, o ministro da Economia, Paulo Guedes, descartou mudança nos regimes de tributação do Simples e de microempreendedores individuais (MEI). A declaração foi feita em evento que anunciou arrecadação recorde no primeiro semestre de 2021.

Novas cepas. Mais de 300 atletas brasileiros vão participar da Olimpíada de Tóquio, que começa oficialmente na sexta-feira (23) e vai reunir milhares de pessoas. Com isso vem a pergunta: o que está sendo feito para evitar que os participantes tragam novas cepas da Covid-19 ao Brasil? A resposta na reportagem de Jean Pecharki.

Atualização. O Brasil registrou mais 1.424 mortes por Covid-19 e 54.517 novos casos da doença, segundo dados do Ministério da Saúde. Ao todo, o Brasil já contabiliza 19.473.954 diagnósticos positivos e 545.604 óbitos. Quanto à vacinação, foram imunizados 92.429.272 com a primeira dose e 35.750.258 com a segunda.

Política e economia

Fundo eleitoral. Ao reafirmar o veto aos R$ 5,7 bilhões do fundo eleitoral incluídos na LDO, o presidente Jair Bolsonaro disse que sancionaria o texto caso o valor aprovado fosse de R$ 3 bilhões. E não é só o “fundão”: projeto já aprovado pelo Senado recria a propaganda partidária fora do período eleitoral e estabelece novos gastos. Veja de quanto pode ser a conta.

Eleições 2022. O presidente Jair Bolsonaro desistiu de se filiar ao Patriota. Quem afirma é o presidente afastado do partido, Adilson Barroso. Cotado para disputar a presidência em 2022, o ex-juiz Sergio Moro pode optar por concorrer ao Senado. Impedido de concorrer a cargos políticos, o ex-governador do Rio, Wilson Witzel, vai realizar um curso para formar “novas lideranças políticas”.

Giro pelo mundo. Cidadãos da Argentina que não quiserem se identificar com os gêneros masculino e feminino poderão escolher uma terceira opção nos documentos de identidade. Nos Estados Unidos, o maior incêndio ativo está tão grande que gera o próprio clima. A Venezuela sofre com a ação de megaquadrilhas, guerrilhas e coletivos.

O que mais você precisa saber hoje

Tecnologia. Governo prevê 5G em algumas capitais ainda em 2021, mesmo com leilão atrasado

Estados Unidos. Oito estados americanos já têm leis contra atletas transexuais em esportes femininos

Infância. Covid-19: mais de 1 milhão de crianças perderam pai ou avô em todo o mundo

História. Como funcionava o Glavlit, o órgão de censura da União Soviética, que durou de 1922 a 1991

Colunas e artigos

Causa pró-vida. Aos 28 anos e mãe de quatro filhos, Hanna Zanin dedica parte do tempo livre a dar palestras e promover ações pró-vida. Cristina Graeml conversou com ela. Artigo de Alexandra DeScantis revela que, em suas origens, o feminismo tinha como plano para a igualdade o casamento, a família e a integridade sexual. O podcast Quarentena Cult mostra como o documentário “Cuba e o Cameraman” revela o fracasso da revolução de Fidel Castro.

Nossa visão  

Aras na PGR. Jair Bolsonaro anunciou nesta terça-feira (20) a recondução do procurador-geral da República, Augusto Aras, para um mandato de mais dois anos. Feita com quase dois meses de antecedência, a indicação mais uma vez ignorou a lista tríplice formulada pela Associação Nacional de Procuradores da República (ANPR). Tema para o nosso editorial: A repetição de um erro.

O PGR se mostrou muito aquém de sua missão institucional, no sentido da defesa de direitos e da Constituição. Isso aconteceu mais de uma vez, por exemplo, quando se posicionou a favor de atos manifestamente ilegais, como o Inquérito das Fake News e o dos atos antidemocráticos. Nos dois atos, há clara extrapolação de competências do STF, falta de objeto próprio e sucessivas violações de direitos, mas a PGR pouco fez e mesmo foi conivente com os abusos que se prorrogam até o presente momento, sem que as investigações cheguem a qualquer conclusão juridicamente relevante.

Para inspirar

Estímulo à bondade. Inspirar bondade e gentileza nos filhos é possível e traz inúmeros benefícios. Afinal, a forma como os pais agem está diretamente ligada ao desenvolvimento da criança. Rossana Bittencourt, do Sempre Família, traz algumas dicas de como exercitar isso no dia a dia. Tenha um ótimo dia!

gazetadopovo

1 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]