i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Editorial 2

Pelo diálogo

  • Por
  • 22/11/2008 21:02

O governo paraguaio está pedindo diretamente ao presidente Lula explicações sobre a presença de militares brasileiros em seu território sem prévia autorização. Recentemente, os brasileiros teriam avançado 30 metros da fronteira na região de Salto del Guairá. Casos como esse costumam dar lugar a conflitos rumorosos, pois envolvem soberania e orgulho nacional. Para citar um exemplo da história recente, lembremos de ocorrido semelhante, envolvendo Colômbia e Equador, em março deste ano. Antes que a pendência entre Brasil e Paraguai ganhe proporções maiores, a situação deve ser posta em perspectiva, para que seja vista sem as tintas carregadas do belicismo. O Brasil não pode desrespeitar a soberania do país vizinho. Se agiu assim, falhou e deve a Assunção um pedido de desculpas. O Paraguai, por sua vez, precisa se render à evidência de que um avanço de 30 metros mais parece um erro de cálculo nas manobras. Os dois vizinhos precisam de líderes com espíritos mais desarmados, pois só assim conseguirão a união necessária para combater o contrabando e o narcotráfico, batalhas que interessam tanto a brasileiros quanto a paraguaios.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.