i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Homem, dignidade, ética e família

A importância do casamento

É necessária uma verdadeira educação a respeito do significado do casamento, para que mais pessoas compreendam o desafio apaixonante que reside nesta união

  • PorGazeta do Povo
  • 29/04/2017 00:45
 | Felipe Lima
| Foto: Felipe Lima

Poucas instituições são tão propícias para que o ser humano possa desenvolver suas potencialidades e virtudes na busca da excelência ética quanto o casamento. No matrimônio, o homem e a mulher, seres inacabados, praticam a generosidade pela entrega mútua e exclusiva, aberta ao surgimento de novos indivíduos. O casamento, quando bem compreendido, é o antídoto perfeito contra o egoísmo – e, quando mal compreendido, acaba degenerando em um “egoísmo a dois” que é justamente a antítese daquilo que se procura cultivar em uma união saudável.

Diversas ideologias recentes têm tentado minar a importância do casamento, tratando-o como uma construção social imposta por determinadas tradições e clamando por sua “superação”. Nada mais distante da realidade: trata-se de uma instituição natural, fundada na complementaridade biológica e psíquica entre homem e mulher. O que houve foi um aperfeiçoamento na compreensão da essência do casamento, superando situações como as uniões programadas por interesse – às vezes arranjadas quando os futuros noivos ainda eram crianças – ou nas quais um ou ambos os cônjuges são coagidos pelas próprias famílias ou por outras circunstâncias. Mas esse aperfeiçoamento não deveria ser usado para negar o caráter intrinsecamente natural desta instituição.

Casamentos felizes exigem dedicação constante e a consciência do valor de uma união duradoura, e não passageira

No entanto, se a humanidade caminhou lentamente para compreender que um casamento não pode prescindir da escolha livre dos noivos, é preciso também recordar que basear um matrimônio única e exclusivamente no afeto é fragilizar o seu fundamento. Os sentimentos humanos, bem o sabemos, são importantes, mas são volúveis. Fiar-se apenas deles é a receita para um casamento infeliz. Se houvesse a compreensão de que o casamento, mais que uma confluência de afetos, é uma parceria mútua para que ambos sejam cada vez melhores, desenvolvendo a si mesmos, ao cônjuge e aos frutos desta união, talvez tivéssemos muito menos problemas.

Essa compreensão, no entanto, não pode levar à ilusão de que casamentos felizes são fáceis como um passeio no parque. Eles exigem dedicação constante e a consciência do valor de uma união duradoura, e não passageira. Compreendemos as vicissitudes e as dificuldades pelas quais passam inúmeros casais, e que há circunstâncias nas quais não há como manter uma união. Mas mesmo quem passa por essa dor reconhece a importância dos casamentos bem-sucedidos. Quando se vê o matrimônio como algo que pode ser desfeito por qualquer motivo banal, perde-se todo o benefício que poderia vir da valorização do vínculo matrimonial como fonte de crescimento na virtude também por meio das dificuldades e do poder de uma decisão renovada, a cada dia, de acompanhar o outro e querer seu bem até o fim. Casamentos fortalecidos são do interesse não apenas dos cônjuges e dos filhos, mas de toda a sociedade.

O caminho para tal, é preciso dizer, não está na imposição jurídica, mas em uma necessária e verdadeira educação a respeito do significado do casamento, para que mais pessoas compreendam o desafio apaixonante que reside nesta união. Desafio, porque se trata de crescer nas virtudes – das quais uma das mais importantes é a fidelidade, sem a qual não se pode construir a confiança mútua que está na base não apenas do relacionamento conjugal, mas também de toda relação que constitui uma sociedade. Apaixonante, porque mexe com nossos anseios mais profundos e nos permite atingir a realização e a felicidade que todos buscamos.

12 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 12 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • T

    Tiago Pai Físico

    ± 475 dias

    Sou testemunha de um casamento que já dura 15 anos e a cada dia mais felicidades e compreensão

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Marcelo Goulart

    ± 648 dias

    Tem pessoas que não conseguem entender que a palavra casamento só tem um sentido... que é a união religiosa entre um homem e uma mulher. Os outros casos são chamados de união estável (que garante por lei, em alguns países, o direito legal, ou seja passa a existir para o estado a união)

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • M

      Marcelo Goulart

      ± 648 dias

      *Digo: União civil

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    Fabrí­cio Ribeiro

    ± 1010 dias

    Muito bem dito. O casamento é, de fato, a união entre um homem e uma mulher. Unir a alguém do mesmo sexo é opcional, mas chamar a isso "casamento" e/ou equiparar tal união às potencialidades naturais de um casal verdadeiro é muito míope. E um lembrete a quem não gostou do que leu: o título da seção é "Nossas Convicções", ou seja, da Gazeta. Se as suas são divergentes, escreva-as em outro lugar.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    Estelle Flores

    ± 1172 dias

    no casamento entre o homem e a mulher??? vcs regrediram quantos séculos? estão ignorando todos seus leitores gays??? vocês piraram completamente

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    aomarco

    ± 1211 dias

    Parabéns pela matéria, o casamento entre homem e mulher se completa com os filhos. Nisto esta a maior felicidade de todas, a cama cheia de "pessoinhas" de vocês dois em um lar seguro onde o respeito predomiona e as crianças podem nascer e crescer em paz e armonia.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    Jonsimar Tadeu Catapan

    ± 1211 dias

    Pertinentes, os comentários abaixo. De fato, concordo, mas creio que a proposta do autor do texto era de apenas abordar o casamento entre homem e mulher, que não deixou de ser válido em virtude da aceitação social que as uniões homoafetivas vêm alcançando. Ou seja: a união homoafetiva não desbancou a união entre homem e mulher. E vejo que o autor pode se dar plenamente ao direito de escolher sobre o que quer falar. Você pode ler ou se recusar a ler. São apenas escolhas.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • M

      Maria Akai

      ± 1211 dias

      Em se tratando de mídia de amplo alcance, suas falas são lidas (e aceitas) por muitos; isto é, tem grande poder de influência, então devem ter cuidado com o que e como abordam as temáticas (principalmente porque, logo no primeiro parágrafo, já coloca casamento = homem e mulher).

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    AUGUSTO

    ± 1211 dias

    Instituição natural, fundada na complementaridade biologica e psiquica??? O texto não apenas ignora o relacionamento entre pessoas do mesmo sexo, ele claramente se posiciona contra qualquer outro modelo de familia, de forma preconceituosa. E também mentirosa, ao querer utiliza a ciencia para validar sua opinião. Mais uma vez, a Gazeta se mostra extremamente conservadora, num mundo onde precisamos de mais tolerancia e respeito.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • D

      Deuzaire Ferreira dos Santos

      ± 1052 dias

      As pessoas que concordam com a união homo afetiva estão cobertas de razão, inclusive quando exigem respeito pela sua opinião, pena que eles não respeitam a opinião daqueles que não concordam.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Maria Akai

    ± 1211 dias

    GP novamente tratando casamento como somente relações entre homem e mulher. E chamar casamento de “instituição natural” é ignorar conhecimentos básicos da ciência relacionados a nossa espécie e a outras mais próximas. Coação ainda existe: só observar as moças que engravidam “solteiras” e a família obriga a casar para não ficar mal falada. Além disso, se a pessoa vive só e é feliz, qual o problema? Legal alertar que casamento exige dedicação, mas tem que se ter cuidado na abordagem.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • M

      Maria Akai

      ± 1211 dias

      Hehehe, bem isso.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.