i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Coluna do leitor

Cartórios 1

  • Porleitor@gazetadopovo.com.br
  • 10/02/2010 21:03

A Constituição Federal Brasileira é a mais desrespeitada de todas as leis e justamente por aqueles que assumem cargos e juram respeitá-la. No dia seguinte ao de suas posses, estão propondo emendas constitucionais. Leio na edição desse jornal (Gazeta, 10/2) a notícia sobre a PEC 471/2005, que pretende assegurar a permanência dos cartorários que assumiram seus cargos em desacordo com a Lei Maior. É um inaceitável absurdo que a Constituição Federal seja emendada para legitimar situações ilegais desse pequeno número de brasileiros. O argumento de que se estaria fazendo justiça com aqueles que estão trabalhando há anos não convence e não justifica.

Antônio Dilson Pereira, advogado

Cartórios 2

Antes da Constituição de 1988, o ingresso na carreira de cartorário já era feito por concurso e, muito antes disto, em 1958, ano em que meu pai entrou para o serviço notarial, também já era por concurso e jamais, em nenhuma época, desde a proclamação da República, cartórios foram transmitidos por hereditariedade.

Ronaldo de Morais

Cartórios 3

A questão que deveria ser discutida é: a sociedade do século 21 precisa destes cartórios? Uma herança do Império, gerador de burocracia e custos adicionais, que não agrega valor e não oferece garantia de seus serviços.

Luiz Alberto Koroll

Beto ou Alvaro

Quero dar uma sugestão aos diretórios estadual e nacional do PSDB: que seja feita uma votação interna no partido com voto de todos os filiados para escolher o candidato a governador. Se Beto Richa, ou Alvaro Dias. Pois, assim, seria mais democrático. São dois excelentes candidatos.

Jacir Queirós

Dividindo o quarto

Quero dar os parabéns pela matéria sobre irmãos que dividem o quarto (Gazeta, Imóveis, 31/1). Achei a reportagem leve, o que é interessante no meio de tantas tragédias e notícias infelizes. Além de ser muito útil, principalmente aos pais jovens que estão iniciando a carreira desafiadora de educar filhos.

Sirley Hecke

Sem-terra 1

A Justiça brasileira é demorada para tudo, inclusive para decidir sobre invasões de terra (Gazeta, 9/2). Não deveria haver invasão de terras. As pessoas trabalham boa parte da vida para comprar uma casa, ou pagar aluguel e poder viver. Este movimento sem-terra foi criado por latifundiários e por políticos que se aproveitam da ocasião para conseguir votos. Eu acho que invadir terra dos outros é crime, os responsáveis deveriam ser presos.

Dilson Dusi

Sem-Terra 2

A Justiça até tem agido com rapidez nos casos de invasão de terras. O maior problema é o desrespeito do governo no cumprimento das decisões judiciais, numa demonstração clara de total descaso com o Poder Judiciário. Uma lástima.

Romualdo Carignano

Sistema elétrico 1

A respeito da falta de energia elétrica (Gazeta,9/2), enfrentei esse problema dia 8 de fevereiro à noite. Moro em São José dos Pinhais e posso dizer que sempre que chove (não precisa ser muito) a falta de eletricidade é quase certa. Inclusive já tive aparelho de tevê danificado e foi uma briga para ser ressarcido. Quando morava em Campo Largo sofria com o mesmo problema. É preciso parar de se gabar fazendo propagandas na tevê e investir esse dinheiro na melhoria.

Flademir Henrique Tozato

Sistema elétrico 2

Parabéns pela reportagem sobre as falhas no sistema elétrico. Realmente nosso sistema elétrico esta sucateado e são reportagens como essa que podem ajudar a sociedade e nossos governantes a abrir os olhos para algo que irá gerar um impacto enorme no desenvolvimento do nosso país.

Daniel Osmar de Jesus

Ensino integral

Creio que, desde que haja por parte do governo mais critério na exi­­gência de cobrar dos pais e alunos emprenho nos estudos, o ensino em tempo integral é maravilhoso. Sempre acreditei que o ensino deveria ser integral, pois poderia não só abordar o ensino funda­­mental, mais priorizar áreas de estudo, como arte em geral.

Carlos Eduardo Guariente

Droga nas escolas 1

Nos anos 90 dei aulas em colégios e sei que o principal pro­­blema é o tráfico de drogas exis­­ten­­te dentro das escolas. Infeliz­­mente, a polícia e as escolas não estão prontas para enfrentar o problema das drogas entre os adolescentes. Para que os tóxicos sejam combatidos nos ambientes escolares, seria necessário um grande trabalho envolvendo toda a comunidade com o apoio das igrejas e das autoridades competentes.

Luciana do Rocio Mallon

Droga nas escolas 2

No momento acredito que as escolas não conseguem enfrentar o problema das drogas. Espero que com o decorrer do tempo, com muito empenho por parte das autoridades competentes e dos pais, essa realidade mude.

Jacir Ignacio Correa

Transporte Coletivo

Realmente é preciso oferecer um serviço rápido, confortável e eficiente para fazer com que as pessoas deixem seus carros em casa e passem a utilizar o transporte coletivo (Gazeta, Opinião, 10/2). Agora como fazer isso? Curitiba poderia inovar e sair dessa ideia de canaletas e ônibus e partir para o transporte sobre trilhos, mais silencioso e não poluente, aproveitando inclusive trilhos já existentes.

Luiz C. Segantini

Patriotismo

Sobre a iniciativa de incluir a bandeira nacional no uniforme escolar, creio que é válida. O que deveria voltar é a Educação Moral e Cívica, como disciplina obriga­­tória com professores qualifica­­dos e com atividades voltadas à educação do indiví­­duo e sua formação moral, sem necessida­­de de vinculação religiosa.

José Verissimo Cordeiro

Bingos

Creio que as casas de jogo de bingo deveriam ser legalizadas pois, além de criar mais empregos e aumentar a receita estadual, os donos de bingos deixariam de abrir locais clandestinos. Afinal, ninguém força ninguém a jogar, comprar objetos piratas. Devemos apenas controlar para não ficarmos nas mãos de bandidos que usam diversas maneiras para lavar dinheiro.

Wladimir José Wettermann

Carnaval em Curitiba

Curitibano gosta ou não gosta de carnaval? Gosta e brinca muito bem (Gazeta, 10/2). O que falta é divulgação e local. Vamos lançar uma aposta? Se mais blocos iguais aos Garibaldis e Sacis aparecerem em Curitiba, com toda a certeza o nosso povo vai gostar de brincar o bom carnaval.

Julio Cezar Vieira

* * * * *

As mensagens devem ser enviadas à Redação com identificação do autor, endereço e telefone.

Em razão de espaço ou compreensão, os textos podem ser resumidos ou editados. O jornal se reserva, ainda, o direito de publicar ou não as colaborações.

Rua Pedro Ivo, 459 - Centro • Curitiba, PR - CEP 80010-020 • Tel.: (41) 3321-5999 - Fax: (41) 3321-5129.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.