Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Sobre a reportagem direito autorais no xerox (Gazeta, 19/8), vejo que o problema não seria nunca resolvido com o pagamento antecipado aos autores pelas fotocópias. O interesse da criação da lei seria puramente aumentar a remuneração das editoras, já que dificilmente os autores teriam ciência dos ganhos adicionais com a taxação sobre a fotocópia de material. E quanto à fiscalização? O pessoal que trabalha em fotocopiadoras não teria tempo nem interesse em ficar registrando quais materiais foram copiados para poderem ser taxados. Ainda como estudante universitário, vejo que todos os livros que precisei copiar eram de edições velhas por serem utilizadas como livro texto em sala de aula e não estão disponíveis nem em sebos.

Luís Gustavo Pereira

Diários secretos

Isso tudo que está acontecendo na Assembleia não vai mudar por si só. Cabe ao povo, que tem o poder do voto, realizar essa mudança. A campanha da RPC pelo voto consciente é a grande oportunidade que a população tem de acordar para o problema. Vamos analisar bem os candidatos e banir os maus políticos.

Adalberto Palte

Eleições

Você reclama da atual situação dos hospitais? Reclama das péssimas condições de saúde pública? Reclama das péssimas condições das nossas estradas? Reclama da falta de segurança pública? Reclama do aumento da criminalidade? Reclama, reclama, reclama. E o que faz? Continua votando nos mesmos candidatos! Acha que vai mudar alguma coisa?

Sergio Godinho Fontes

Copa em Curitiba 1

Como arquiteto venho demonstrando aos empreendedores algumas possibilidades de ganhar com e evento Copa (Gazeta, 19/8). A desconfiança é tanta que vai do desdém ao simples fato de estarmos empurrando algum trabalho. A linha que liga o litoral paranaense até Foz do Iguaçu, passando obviamente por Curitiba tem um potencial enorme a ser explorado no evento Copa, hotéis, restaurantes e souvenires a serem consumidos.

Maugham Zaze

Copa em Curitiba 2

A toque de caixa o governo do estado, a prefeitura de Curitiba e a Câmara Municipal resolveram o problema do estádio para a Copa. A mágica chama-se potencial construtivo. Para quem não sabe, esse é um nome chique dado a um instrumento para quem quer construir mais metros quadrados em seu terreno. Simples: quer construir mais, paga mais. Há alguns anos, em permuta com o município, recebi uma parte em potencial construtivo. Felizmente já o utilizei, porque pela quantidade deste artifício que vai ser despejada no mercado imobiliário o preço deve desabar. A propósito: além de pagar todas as despesas, o processo levou cinco longos anos!

Marcos Schier

Copa em Curitiba 3

A falta de vagas na rede hoteleira de Curitiba e região em função de um evento na cidade para 30 mil pessoas é a confirmação do total despreparo da cidade, do estado e do país para um evento do tamanho de uma Copa do Mundo. Falta ainda toda a infraestrutura nas cidades e principalmente a participação de todos os administradores.

Marcos Calonga

Resgatar e combater

Haver vagas para tratar o vício dos usuários de drogas é muito interessante para pessoas que buscam ajuda e não têm condições de pagar clínica de reabilitação (Gazeta, 17/8). Pais de usuários criam esperança de que seus filhos saiam das drogas enquanto é tempo, e agradecem a prefeitura de Curitiba por terem aberto essa oportunidade para todas as pessoas dependentes de crack ou qualquer outra droga.

Larissa Zattar Lopes

Segurança 1

A segurança, junto com a saúde e a educação, deveriam ser a base de todo governo. Até o governador Pessuti, preocupado com o grande índice de violência no nosso estado, deu ênfase a essa prioridade ao assumir. Em contrapartida, continua adiando a nomeação de um maior contingente policial. A PEC da segurança pública ainda não foi aprovada também. Agora, sabendo que a segurança privada está em alta e pode ser bancada pela elite, fica mesmo difícil conscientizar nosso meio século de elitização política dos sérios problemas que a falta de segurança pública acarreta ao estado.

Zinka Reck

Segurança 2

Há duas semanas roubaram o estepe do meu carro e o aparelho de som do carro do meu filho. Em junho um colega de trabalho, ao chegar em casa por volta das 19 h, foi abordado por dois homens armados que deram voz de assalto e levaram seu carro. Pelo jeito há uma grande empresa estabelecida em Curitiba e arredores neste amplo negócio. Pagamos impostos e não temos o básico. Hoje nós que pagamos nossos impostos é que estamos presos em nossas casas. Quando será que os governantes efetivamente farão alguma coisa?

Paulo Cesar Ribeiro

Falta de habilitação

Adolescentes dirigindo sem habilitação por não terem idade ou dinheiro para tê-la é bastante comum hoje em dia (Gazeta, 19/8). Muitos pais acham até bonito verem seus filhinhos precoces, esquecendo que dirigir é um ato que exige habilidade, prudência e perícia, além de muita responsabilidade e capacidade de assumir as consequências de seus atos. Esses mesmos pais inconsequentes e permissivos depois perguntam aos céus porque perderam seus filhos em acidentes. É um absurdo!

Cristina Esteves Schuster

Trânsito

A prefeitura de Curitiba não mostra nenhuma criatividade para lidar com o cada vez mais caótico trânsito da cidade. A última genialidade foi a inversão de mão na Avenida Água Verde, em frente do cemitério. Inteligente seria inverter a mão no horário de pico, coisa que em grandes cidades surte efeito. Talvez a prefeitura não trate a cidade como grande.

Sérgio Schoppa

Venezuela

A estupidez humana é capaz de produzir episódios trágicos. Num dos períodos mais duros da ditadura militar no Brasil, várias vidas poderiam ter sido poupadas, não fosse a brutalidade da censura que impedia a divulgação da existência da epidemia de meningite. Pelo visto, os ditadores de plantão, como Chávez, não aprendem nada com a história, e tentam "amenizar" e mascarar a realidade com a censura aos jornais. Lastimável.

Luiz Nusbaum, médico

* * * * *

As mensagens devem ser enviadas à Redação com identificação do autor, endereço e telefone.

Em razão de espaço ou compreensão, os textos podem ser resumidos ou editados. O jornal se reserva, ainda, o direito de publicar ou não as colaborações.

Rua Pedro Ivo, 459 - Centro • Curitiba, PR - CEP 80010-020 • Tel.: (41) 3321-5999 - Fax: (41) 3321-5129.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]