Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Mídias Sociais

Valores 1

A escola deve ensinar valores, pois a educação de hoje em dia é mais focada em exatas do que em humanas, o que não é certo!

Alexandra Zeszutko, via Facebook, sobre as escolas ensinarem valores, além de matérias como Matemática

Valores 2

Para ensinar valores, a escola precisa do respaldo dos pais, pois existem muitas leis que defendem demais o aluno, ficando difícil impor limites. Dessa forma é inviável para a escola educar jovens e crianças com princípios morais e éticos. Educação tem de vir de casa, não é tarefa de professor, principalmente pelo salário que recebe!

Deise Ferreira, via Facebook

MST

Deveriam se manifestar em Brasília ou em São Bernardo, em frente à casa do Lula.

Ilona Regina Paula, via Facebook, sobre MST fazer manifestações no Paraná e em Sergipe

Afonso Pena

Bem-vindo à Curitiba do século 21. Parece piada.

Luiz Carlos, via Facebook, sobre a avaliação da estrutura dos banheiros do Afonso Pena

Paz sem voz

[Precisamos de] cultura de paz, que envolva gentileza no trânsito, tolerância aos mais velhos, cuidado com as crianças, delicadeza com as mulheres.

Raquel Borges, via Twitter

Contribua você também com sua opinião por meio da página da Gazeta do Povo no Facebook (http://www.facebook.com/gazetadopovo) ou do perfil no Twitter (http://twitter.com/gazetadopovo).

É um grande avanço o Paraná adotar metas próprias para a avaliação da educação (Gazeta, 22/8). Com um país de dimensões continentais, como é o caso do Brasil, fica prejudicado avaliar todas as regiões com o mesmo critério. Mas a metodologia a ser usada deve ser o resultado de um trabalho que deve incluir professores em atividade, pedagogos e governo. Também deve ser considerado ainda o período da análise, condições da escola e a situação social/econômica do município, sem os quais caímos no mesmo vício da avaliação do governo federal.

João Arnaldo Hobmeir

Valores na escola

Muitos dos valores morais e éticos começam em casa, no berço, mas devem continuar na escola e na sociedade (Gazeta, Educação, 24/8). Ambientes profissionais, de classe e sociais (clubes, igrejas, etc.) também devem participar e contribuir.

Mauro Majczak

Responsabilidade do estacionamento

Quando estaciono um carro em rua que é cobrado EstaR, caso aconteça alguma avaria, a prefeitura também terá responsabilidade, já que cobra taxa para estacionar (Gazeta, 22/8)?

Antonio Delsoto Junior

Lei antifumo

Com a lei proibindo fumar em locais fechados as pessoas consomem menos cigarros e aumenta a procura por um tratamento, assim a redução para os iniciantes também é menor. Com certeza os lugares que frequentamos diariamente serão melhor para todos, pois assim não prejudicará aqueles que não têm o vicio do tabaco e também diminuirá o número daqueles que consomem.

Grace Kelly Garcia

Fim de semana violento

Seria interessante que o bar Celebrare apresentasse uma explicação da razão de um adolescente de 16 anos ter podido entrar em um estabelecimento que, por lei, só deve permitir entrada de maiores de 18 anos. Todos sabemos que à noite, a rua e os bares não são lugares para pessoas dessa idade, visto que é proibido vender bebida alcoólica para menores de 18 anos!

Vânia Miceli

Atlético

Como está a cara do ilustre entendido que despediu o Ney Franco do Atlético? E quer voltar. Será que nossa memória é tão curta?

Ali Zraik

O fim da letra cursiva

A função da letra cursiva não é tão somente a de facilitar a comunicação pela compreensão do símbolo escolhido e utilizado. Além da importância decisiva para o controle psicomotor fino, sua contribuição está na obrigatoriedade de associar os signos, organizando e "disciplinando-os". A escrita cursiva é a primeira psicoterapia institucional, preventiva de agressividade, timidez excessiva, de falta de foco. A letra cursiva nos obriga a assumir a ideia de critérios necessários à socialização.

Dimas G. Zanelatto

Paz sem voz

Um forma de a sociedade ajudar é participar nos Consegs – conselhos de segurança dos bairros –, em cujas reuniões com associações e a comunidade discutem-se os problemas da comunidade. Esses conselhos são elos entre a população e os órgãos de segurança pública, visando às melhorias necessárias. Para tanto se faz necessário o apoio incondicional do governo e da sociedade.

Renato Taborda

Nostalgia

Parabéns pela abordagem. É lamentável que não se preserve nossa cultura e por outro lado se tente descaracterizar nossos bairros, construídos por ancestrais de diversas gerações e etnias, importando valores e termos que só demonstram que vivemos uma época de grande fragilidade cultural. Deveríamos respeitar e fortalecer nossa identidade curitibana. Afinal é o que nos une nesta cidade.

Guilherme Pugsley Neto

Intolerância à corrupção 1

Se tudo que denunciam fosse realmente verdade, o Brasil não teria reeleito o presidente Lula acusado por parte da imprensa por envolvimento no escândalo do mensalão. Há sempre um forte jogo de interesses no campo da política. É preciso conhecer os dois lados, antes de se tomar uma decisão precipitada. Os eleitores sabem disso. Tanto que nosso país reelegeu o presidente Lula e presenciou um grande crescimento econômico, com um excelente processo de redistribuição de renda.

Andressa Noguchi

Intolerância à corrupção 2

Jamais votaria em algum político envolvido em escândalo. A sociedade precisa urgentemente analisar caso a caso e selecionar quem deve efetivamente nos representar nas câmaras municipais, assembleias e Congresso Nacional, do contrário o custo da corrupção vai quebrar o país.

Mariano Felix Duran

Caso Derosso

Apesar de admirar o jornalista Celso Nascimento, estou torcendo para que ele, desta vez, esteja errado em suas previsões, quando imagina uma investigação superficial pelos vereadores curitibanos do caso Derosso (Gazeta, 23/8). Os indícios de mau uso de verbas públicas pelo presidente da Câmara são diversos, e não é possível acreditar – e aceitar – que ligações partidárias tornem mais benevolente tal análise.

Robert Monteiro Hipólito

Jandaia

Os responsáveis pelo repasse de recursos do Ministério do Turismo para cidades sem atrações turísticas devem ser destituídos de seus cargos e pagar o prejuízo (Gazeta, 23/8).

José Valdir Porath

* * * * *

As mensagens devem ser enviadas à Redação com identificação do autor, endereço e telefone.

Em razão de espaço ou compreensão, os textos podem ser resumidos ou editados.

O jornal se reserva, ainda, o direito de publicar ou não as colaborações.

Rua Pedro Ivo, 459 - Centro - Curitiba, PR - CEP 80010-020 - Tel.: (41) 3321-5000 - Fax: (41) 3321-5472.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]