i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
coluna do leitor –18/2/2017

Indenização a presos 1

  • Porleitor@gazetadopovo.com.br
  • 18/02/2017 00:01

Sem dúvida as condições das nossas prisões são calamitosas e algo tem de ser feito. Não vejo o menor sentido, contudo, em punir o contribuinte. Em que mundo os ministros do STF vivem? Quase 40% do que produzimos vai para esse Estado que gasta muito e gasta mal, e o STF quer aumentar ainda mais essa despesa? Que encontrem outro caminho!

Marcos Almeida Prado Lefevre

Indenização a presos 2

Os gênios do STF ainda fixaram em abstrato o dever de indenizar os criminosos pelas más condições dos presídios, deixando a conta para o contribuinte. Aliás, está sobrando dinheiro no país! Temos educação e saúde pública de primeira qualidade, por que não gastar uma fábula pagando indenizações a presos? Eles merecem, deviam receber até pensão vitalícia.

Juliano Ribas Dea

UFPR

A constatação de fraudes na concessão de bolsas de estudo na UFPR dá a impressão de que não existe controle interno na instituição ou, se existe, não funciona. É inerente à administração pública a observância do princípio da segregação de funções, que preconiza a separação dos atos dos responsáveis pela autorização, pela execução, pelo controle e pela contabilidade.

Luiz Carlos Sanches

Urbs

Que tal extinguir a Urbs e mudar totalmente o sistema de gestão do transporte público? Se o sistema funcionasse somente com o cartão transporte, não haveria necessidade de cobradores nas unidades. Os atuais gestores acreditam no modelo que já há muito tempo está falido, e agora arcaremos com essa incompetência. Espero que a atual gestão municipal tenha coragem e competência de resolver esse problema de uma vez por todas.

Elías Benavides Dalago

ICMS

O STF decidiu pela incidência de ICMS sobre o valor referente à assinatura mensal do telefone sem franquia de minutos. Assim, considerando que o ICMS repercute no preço, os valores foram repassados a nós. As operadoras entraram com recursos e, caso a decisão seja revista, o valor será reduzido automaticamente. O aumento de arrecadação será de R$ 11 por telefone. Não basta pagarmos pela assinatura mensal, mesmo que não tenhamos realizado nenhuma ligação; agora iremos pagar ICMS porque temos um telefone fixo à nossa disposição. E a carga tributária vai subindo...

Roberto Costi

Professores

Ou extinguem a APP-Sindicato, ou nunca teremos ensino público de qualidade no Paraná. Esses professores posando de ideólogos são o atraso do Brasil.

Afonso Celso Frega Beraldi

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.