i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Coluna do leitor

Malu 1

  • Porleitor@gazetadopovo.com.br
  • 24/09/2014 21:03

Mídias Sociais

Delação

"Os grandões usam a delação premiada para ficar fora da cadeia, daí sobra somente para os laranjas, que pegam uns 30 anos de prisão."

André Camargo, via Facebook, sobre Alberto Youssef estar negociando acordo de delação premiada.

Ponte da Amizade

"Revitalização? Deveriam derrubar essa ponte horrorosa e fazer outra decente."

Ricardo Afonso Magalhães, via Facebook, sobre o início das obras de revitalização da Ponte da Amizade.

Livros

"Por que não doaram? Principalmente para aqueles que estão aprendendo a ler, qualquer leitura é bem-vinda."

Rodolfo Fabio Aguilera Fuentes, via Facebook, sobre os livros descartados pelo Instituto Paranaense de Cegos.

Gastos no exterior

"O dinheiro todo fica fora e metade dos produtos fica na alfândega! Sempre compram além da cota, e aí já era!"

Joacir Rocha, via Facebook, sobre os gastos dos brasileiros no exterior.

Tudo bem que o Patrão Maior esteja melhorando o seu departamento, porém, não faz sentido desorganizar o nosso. Primeiro nos tira o Belmiro, agora o Malu. Será que ele não se dá conta da falta que isso nos vai fazer? Esses homens, com sua sabedoria e bom humor, completavam o nosso dia.

Manoel Henrique Itiberê da Cunha

Malu 2

Meu café da manhã, aos sábados, nunca mais será o mesmo, pois o Malu estará somente no meu coração e nas minhas orações. Conforto-me pensando que ele está rodeado de anjos, e dando muitas risadas.

Ligia Isabel Kury Poloni

Malu 3

O Malu foi uma pessoa maravilhosa e muito amada por seus familiares e amigos. Devido à sua capacidade de inovar em projetos sociais e em favor do Paraná, recebeu os títulos de Cidadão Honorário de Curitiba e Benemérito do Paraná. Vai deixar saudades, principalmente por seu coração generoso e por disseminar só coisas boas.

Maria Luíza M. Araújo

Judiciário

Sobre a matéria "Judiciário aumenta gastos, mas segue congestionado" (Gazeta, 24/9), não adianta contratar mais funcionários e mesmo juízes (embora precisemos de mais juízes), pois o principal problema está no funcionalismo. Não estou dizendo que os funcionários do Judiciário são ruins; não são, pelo contrário, são muito bons. O que ocorre – e em toda a administração pública é assim – é a morosidade. Mas, se um juiz passar a ganhar por produtividade, por exemplo, teremos um Judiciário mais célere.

Flávio Augusto Vieira

Auxílio-moradia 1

Sobre o editorial "Auxílio-moradia e corporativismo" (Gazeta, 22/9), o auxílio revela mais uma faceta do nosso glorioso Estado brasileiro clientelista. Caberia ao povo manifestar-se por meio de uma ampla mobilização social contra a manutenção desse privilégio que é uma herança colonial. O Congresso Nacional – a casa do povo na estrutura do Estado –, em caráter de urgência, deveria votar uma lei extinguindo esses auxílios. Onde estão nossos senadores e deputados, o que eles pensam sobre esse privilégio?

José Luciano Ferreira de Almeida

Auxílio-moradia 2

Isso é mais um absurdo. Os juízes já iniciam a carreira com vencimentos muito acima da média mundial. Já são extremamente privilegiados. Agora, com mais esse "liberou geral", fica realmente difícil acreditar na imparcialidade e idoneidade dos juízes que julgam a vida de milhões de brasileiros.

Edemilson Penha

Propaganda irregular

Sobre a apreensão de propaganda irregular feita pelo TRE-PR (Gazeta, 23/9), e as multas aplicadas aos candidatos dessas placas ilegais? Não há menção na matéria sobre as penalidades. Os eleitores devem rejeitar sem dó todos os candidatos que são péssimos exemplos, com sua "poluição visual" por toda a cidade. Imagine o que eles farão se eleitos ou reeleitos!

Bento Sartori de Camargo

Pnad

A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, declarou que a presidente ficou perplexa com os dados incorretos da Pnad, embora a diferença fosse de décimos. Ora, por que a presidente também não ficou perplexa diante do prejuízo causado ao Brasil pela compra da refinaria de Pasadena, sendo ela a presidente do Conselho Administrativo da Petrobras? Seguramente, esse dinheiro contribuiria para uma Pnad mais consistente.

Laudi Vedana, Pato Branco – PR

Imprensa

Sobre o editorial "Jornalismo investigativo é essencial" (Gazeta, 23/9), todo governo pretensamente autoritário – e o PT não faz questão de esconder essa assertiva – insiste na instituição antidemocrática do "pensamento único". Não consegue admitir a diversidade de opiniões. Exercer o contraditório, no entender dessa corrente ideológica, é uma prática reservada aos liberais e às mentes não sectárias. O lulopetismo tem verdadeiro pavor da transparência em suas ações. O resultado disso é o mar de lama que escorre pelos corredores palacianos e contamina todas as instituições.

Luiz Schuwinski

Estado Islâmico

Dilma diz "lamentar" o bombardeio dos EUA ao Estado Islâmico na Síria (Gazeta, 23/9), ou seja, ela defende que os assassinos do EI continuem a chacinar pessoas somente por motivos religiosos e prega a impunidade ampla, geral e irrestrita para terroristas. Por que isso não me surpreende? O próximo passo vai ser convidar os terroristas do EI para vir morar no Brasil como exilados políticos.

Marcelo da Luz

Espaço

A indústria aeroespacial é multibilionária, gerará milhares de empregos de altíssima qualificação, confere soberania e defesa militar ao povo, exige investimentos massivos em educação ao longo de décadas e, principalmente, dá aos jovens a certeza de que sonhar grande vale a pena, exatamente o que transforma uma nação, quando todos sonham juntos. A sonda a Marte enviada pela Índia (Gazeta, 24/9) é apenas a cerejinha no bolo. E qual seria a opção? Dividir os US$ 74 milhões investidos no programa espacial indiano entre a população e dar um chiclete para cada um?

Alex Back

Ponte da Amizade

Sobre o início da revitalização da Ponte da Amizade (Gazeta, 23/9), e a promessa da nova ponte ligando Foz do Iguaçu à Ciudad del Este, prometida pelo governo federal? Ficou no papel? Na promessa? Vão revitalizar (remendar à moda brasileira) a Ponte da Amizade, pois sai mais barato e, assim, embromar a população novamente.

Gilson A. Roehrig Jr.

Dia Mundial sem Carro 1

Primeiro o governo incentiva a venda de veículos de forma desordenada, depois quer que eles fiquem em casa, parados, em detrimento de um transporte público precário? Está certo que Curitiba tem um sistema de transporte bom em relação a outras cidades, mas para a população curitibana é muito precário, ele está uns 20 anos atrasado. O que fazer para mudar? Até eu tenho ideias que são viáveis e mais baratas que as do metrô, que nunca sairá do papel e já levou milhões.

Edson Lincoln Florscuk

Dia Mundial sem Carro 2

Larguei o carro e o transporte público e estou indo ao trabalho de bicicleta. O maior problema mesmo é a infraestrutura para os ciclistas. Como tenho sorte de morar em um lugar onde há ciclovia saindo praticamente da frente de casa, vou todo dia, faça chuva, faça frio, faça sol. Minha saúde e meu humor melhoraram muito por não ter de enfrentar o estresse do trânsito. Não adianta incentivar o pessoal a andar de bicicleta se não oferecer estrutura. Tem de começar por aí.

Willian Marcel Guisi

Pichações

A nossa cidade está feia, as pichações estão em todos os lugares. Pichação deveria ser crime, e aqueles que fossem pegos deveriam pagar com a limpeza em todos os lugares e responder na Justiça. Do jeito que está não pode continuar. É a impunidade que faz com que as pessoas continuem a pichar.

Luiz Renato Rymsza

Universidades

Sobre a matéria "Câmpus atraem talentos estrangeiros" (Gazeta, 23/9), pelo que vemos, muitos estudantes estão vindo de outros países, como Paraguai, Argentina etc., para estudar no Paraná. Enquanto isso, os filhos dos brasileiros, que aguardaram várias décadas por mais universidades, têm de contar com a própria sorte.

Wilton Garden

Rússia

Os Estados Unidos e a Alemanha estão mostrando que não estão para brincadeira. A Alemanha está sendo dura com as sanções contra a Rússia, e agora os Estados Unidos deixam de usar naves russas para levar astronautas à Estação Espacial, isto é, serão menos US$ 70 milhões para Moscou. Parabéns a Barack Obama e Angela Merkel. O planeta agradece.

José Augusto Bilek, professor

Corrupção 1

Não basta pagar impostos, é preciso saber onde esse dinheiro é gasto. A corrupção é prática antiga que toma novas formas, mas tem os mesmos falsos princípios. Não se deixe enganar, eleitor! Se você ainda não parou para pensar, pense bem. Você é livre! Não aceite opinião de oportunistas. É o destino da nação em nossas mãos. Vamos festejar a democracia e a cidadania!

Paulo Roberto Girão Lessa, Fortaleza – CE

Corrupção 2

Não acredito que entidades, empresas e outros entes privados estejam empenhados na regulamentação da Lei Anticorrupção. Afinal, ela iria pegar no pé justamente dos corruptores, coisa que hoje não acontece.

Antônio Carlos Pacheco, engenheiro agrônomo

Doações de campanha

Todos sabem que as empreiteiras responsáveis pelos pedágios beneficiam políticos, seja através de doações de campanha ou de outras formas. Estou torcendo para que seja aprovada a lei que proíbe as doações para campanhas. Mas, aí, de onde os políticos irão conseguir dinheiro para a gastança milionária? Seria prudente os nossos políticos se espelharem em outros países, deixando de roubar tanto o dinheiro público.

Sebastião André da Silva, aposentado

As mensagens devem ser enviadas à Redação com identificação do autor, endereço e telefone. Em razão de espaço ou compreensão, os textos podem ser resumidos ou editados. O jornal se reserva, ainda, o direito de publicar ou não as colaborações.Rua Pedro Ivo, 459 - Centro - Curitiba, PR - CEP 80010-020 - Tel.: (41) 3321-5999 - Fax: (41) 3321-5472

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.