i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Coluna do leitor

Segurança

  • Por
  • 30/07/2007 17:28

Tenho um ótimo filho, de 14 anos, matriculado na 8.ª série de um colégio estadual, no período da manhã. Coloquei-o para fazer aulas num cursinho particular, para tentar uma vaga para o ensino médio da Universidade Tecnológica do Paraná (UTFPR). Nos dois primeiros dias de aula, ele foi vítima de dois assaltos. Será que para meu filho ter um futuro melhor, além de pagar um colégio particular, terei de sair do trabalho e levá-lo à escola ou pagar uma condução escolar? Onde está a segurança tão prometida nas campanhas eleitorais? Pobres de nós, civis, trabalhadores e pagadores de impostos...

Edílson Rodrigues, representante comercialCuritiba – PR

Jovens do Pan

Em nosso Olimpo brasileiro, os supostos deuses vão caindo. Ainda faltam muitos. Todo aquele nepotismo oriundo de descendentes de um antigo Zeus precisa acabar na política... Ainda bem que surgem, no Pan, os Hércules. Heróis até então desconhecidos, saídos de todos os estados e quase todos muito sofridos. Foram mais de 100 medalhas! Nesses dias em que tragédias quase ofuscaram o brilho dos atletas dourados, vibrei a cada vez que vi rapazes e moças suando, competindo e recebendo suas medalhas, no pódio. Choro cada vez que o Hino Nacional é tocado, quando vejo braços cansados tocarem o peito e lágrimas escorrerem pela face. Sigo como eles, na esperança de um país melhor.

Sílvia Novaes FernandesCuritiba – PR

Golpes

A reportagem sobre uma mulher que caiu no golpe de "videntes" ciganos e perdeu um apartamento de R$ 98 mil (28/6) me chamou a atenção. Há bem pouco tempo, eu tinha o hábito de guardar recortes de jornais e resolvi comparar as "previsões de ano novo". Observei que no caso específico de 2002 houve 100% de erro. Temos inteligência para ser usada. Se esses videntes, astrólogos, tarólogos, entre outros, tivessem algum poder e pudessem prever o futuro, fariam isso em benefício próprio.

Ariel CaniCuritiba – PR

Supersimples 1

Um outro desastre está ocorrendo com as pequenas e microempresas que não estão se enquadrando no regime Supersimples, que de simples não tem absolutamente nada: milhares de empresas irão literalmente morrer com este desastre porque não conseguirão se enquadrar do dito regime. A conseqüência será o aumento do desemprego.

Luiz MelchiadesCuritiba – PR

Supersimples 2

"Incrível a falta de esclarecimento sobre o Supersimples. O prazo para adesão ao sistema termina amanhã e quase não se viu publicidade oficial a respeito. As propagandas do governo preferem enaltecer obras públicas, feitas com o dinheiro dos impostos, a recomendar aos pequenos empresários um sistema de tributação que lhes seja mais favorável."

João Martinho de Souza, microempresárioCuritiba – PR

Tragédia

Sem dúvida nenhuma, esse é de longe o governo mais incompetente da história do Brasil. As cenas de gestos obscenos não merecem qualificação. Até mesmo a Aeronáutica, uma instituição confiável, deixou-nos entristecidos. Enquanto isso, parentes das vítimas estavam transtornados, consternados. É preciso lembrar, também, da ganância das companhias aéreas, que superlotam as aeronaves com poltronas que mal permitem que os joelhos sejam dobrados. Tudo em nome do lucro! É uma falta de respeito com o consumidor.

Oton NobreColombo – PR

Bicicletas

Parabenizo o movimento Bicicletada pelo artigo "Sobre a (i)mobilidade urbana" (17/7). Os passeios ciclísticos deveriam ocorrer com mais freqüência em Curitiba. Isso estimularia a população a pedalar e a ver a cidade com outros olhos. Os órgãos públicos deveriam fornecer bicicletas e equipamentos de proteção, como capacetes. Na prática, essa idéia pode contribuir para a redução da emissão de poluentes e para elevar a qualidade de vida.

Elizeu Greber FilhoCuritiba – PR

Caos aéreo

"A desfaçatez do presidente Lula é tanta que na posse do ministro Nelson Jobim (26/7) ele repetiu, quase como um mantra, a mesma estratégia que utilizava quando da crise do mensalão: a negação. De forma singela, disse que tinha medo de avião e enumerou os riscos possíveis de um acidente, esquecendo de mencionar a função do Estado em regular, acompanhar, fiscalizar e prover as condições mínimas de segurança a todos os cidadãos e sua conseqüente responsabilidade quando tudo isto é deixado de lado."

Domingos M. T. GuerraCuritiba – PR

Mau atendimento

Os serviços públicos continuam deixando a desejar nos quesitos informação e bom atendimento. Ao tentar fazer a carteira de identidade da minha filha, busquei informações no site do Instituto de Identificação do Paraná para reunir os documentos necessários. Porém, ao chegar ao segundo posto de atendimento, na delegacia de Santa Felicidade (o primeiro posto não atendia no horário indicado no site), além de encontrar um servidor público mais interessado em acompanhar os Jogos Pan-Americanos do que em trabalhar, foram solicitados documentos que no site constam como opcionais.

Patrícia Favorito Dorfman, jornalistaCuritiba – PR

Beira-mar

Enquanto nós, cidadãos honestos, penamos com a crise aérea, o criminoso Fernandinho Beira-Mar é transferido de avião para Campo Grande (MS) sem estresse nem espera no aeroporto (26/7). Esse é o retrato do Brasil: a bandidagem tem tratamento da melhor qualidade e o povo trabalhador fica à mercê da própria sorte.

Rodrigo Leye, engenheiroCuritiba – PR

Prefeitura responde

Com relação às cartas que tratam de serviços municipais, a Prefeitura de Curitiba informa aos leitores:

Jaysson Oliveira: que os motoristas e cobradores do transporte coletivo são responsáveis pela manutenção da ordem no interior dos veículos. Em caso de omissão o regulamento prevê penalidades que vão da orientação à demissão. A população pode denunciar o comportamento de descaso dos servidores do transporte público pelo telefone 156. Para isso, deve informar o número do veículo, a linha e o horário da irregularidade.

Lenita de Barros Pontes: que é necessário informar ao serviço 156 os endereços onde observou problemas de obstrução de passeio, para que os fiscais da Secretaria Municipal do Urbanismo tomem as providências previstas na lei número 1.195/2004, que regulamenta o espaço de passeio;

Lourival Brasil Felício: que a prefeitura tem projeto para revitalização da Rua Deputado Waldemiro Pedroso e está buscando recursos internacionais para as obras, orçadas em R$ 9,4 milhões;

Vanderlei Vicente Thomaz, que a Urbs estuda medidas de readequação do semáforo do cruzamento da Rua Francisco H. dos Santos com a Av. Salgado Filho, para melhorar o fluxo de veículos na região e garantir maior segurança nas conversões.

Secretaria Municipal da Comunicação Social da Prefeitura de Curitiba

***

Gazeta do PovoPraça Carlos Gomes, 4CEP 80010-140 – Curitiba, PRFax (041) 3321-5472

leitor@gazetadopovo.com.br

Em razão de espaço ou compreensão, os textos podem ser resumidos ou editados. O jornal se reserva o direito de publicar ou não as colaborações.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.