Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Temer está perdendo credibilidade e popularidade em muito pouco tempo. Medidas incoerentes com o momento. Cinismo com os desempregados. Escárnio com os aposentados. Logo, logo virá aumento de impostos. Reajuste de salário dado para cooptar o STF. Tal qual na Roma dos tempos medievais: os prósperos e os pagadores de impostos.

Luiz Eduardo Kossatz Hunzucker

Sergio Moro

O juiz Sergio Moro é um trem bala. Ele fez uma revolução nesse país, prendendo e sentenciando malfeitores da pátria e recuperando milhões roubados. É digno de nota e admiração dos brasileiros. Enquanto isso, o STF é a antiga maria-fumaça. Ações e processos para serem julgados estão adormecidos há anos. E lá só funcionam de acordo com os interesses. É hora de acabar com as indicações de ministros do STF pelo presidente, pois, em ocasião recente, vimos Lula cobrando fidelidade de seus indicados.

Izabel Avallone

Reajuste de salários

Quando o governo estadual deu reajustes muito maiores dos que foram dados agora aos servidores federais, a Gazeta ficou calada. Os servidores federais vêm recebendo reajustes abaixo da inflação desde 2011, e agora receberão, de novo, reajustes com índices bem abaixo. Os federais não podem ser o bode expiatório de uma crise provocada por corrupção política e empresarial. A inflação corrói o poder de compra de todos nós.

Benvindo Ferreira

Rodrigo Rocha Loures

Ótimo nome para ser o diretor-geral da Itaipu. Vindo da Fiep, nome com bom trânsito no meio empresarial, e de reconhecido conhecimento, esperamos agora que o lado ideológico da Itaipu seja deixado de lado. Hoje as margens do lago são rota de todo o tipo de contrabando: cigarros, entorpecentes, todos com um ponto de apoio junto a pescadores cadastrados e liberados para morar e monitorar os carregamentos vindos da importação de produtos do Paraguai.

Alcir Carlos Sereni

Jaime Lerner

Um homem com dois estigmas: o melhor prefeito de Curitiba de todos os tempos, e também um péssimo governador. O título de “pior” foi para o atual postulante da cadeira do terceiro andar do Palácio Iguaçu. Nada menos que um de seus antigos asseclas.

Marco Aurélio Fernandes

Estupro

Sair às ruas e protestar contra a cultura do estupro é algo muito necessário, que alerta as autoridades. É preciso, sim, ensinar respeito pelas mulheres, independentemente de como elas estão se vestindo. O machismo faz alguns homens agirem de maneira desrespeitosa com as mulheres. Atitudes preconceituosas e violentas contra a mulher, seja nas ruas, no trabalho, e até dentro de casa, precisam ser condenadas como atos criminosos, passíveis de criticas e denúncias.

Célio Borba

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]