i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Coluna do leitor

Transporte 1

  • Porleitor@gazetadopovo.com.br
  • 21/08/2013 21:03

Mídias Sociais

Improbidade

"Pegaram apenas o peixe que estava visível, os verdadeiros leiloadores do Paraná estão soltos e sem punição."

Arthur Cantelmo, via Facebook, sobre a condenação de Jaime Lerner por improbidade administrativa.

Transporte 1

"Esse contorno ferroviário deveria iniciar em Araucária e passar paralelamente ao Contorno Leste. Agora a cidade tomou conta de onde era para ser o acesso a Paranaguá e não dá mais para colocar trem cargueiro dentro da cidade."

Eduardo José Jankosz, via Facebook, comentando a proposta da prefeitura para a implantação do VLP usando o traçado da linha férrea.

Transporte 2

"Como se o trem fosse um vilão! O verdadeiro vilão é a falta de mais trens no Brasil. Vivo há 32 anos ao lado da ferrovia e nunca me incomodou. Eu vim depois do trem, então tenho de aceitá-lo, não o contrário."

Bruno Filgueira, via Facebook.

Acessibilidade

"Na realidade, todo lugar precisa ser adaptado, e não apenas reservar lugares. Ir, vir e permanecer são direitos fundamentais e não podem ser restringidos."

Fábio Antônio Burnat, via Facebook, sobre a aprovação em primeiro turno de lei que obriga restaurantes e shoppings a reservar mesas para pessoas com deficiência.

Copa do Mundo

"Vou ficar assistindo pela televisão e fazendo um churrasco com o dinheiro que ia gastar com o ingresso desses jogos."

Bento Alves, via Facebook, comentando o início da venda de ingressos para os jogos da Copa do Mundo em Curitiba.

Esporte

"Já era de se esperar que a Confederação fosse fazer isso. Eles nunca vão admitir que são incapazes de fazer algo de bom pelo esporte."

Aurélio José dos Santos Prates, sobre a punição de uma velocista pela Confederação Brasileira de Atletismo por críticas após desclassificação no Mundial.

Contribua você também com sua opinião por meio da página da Gazeta do Povo no Facebook www.facebook.com/gazetadopovo ou do perfil no Twitter twitter.com/gazetadopovo

Há muito se fala sobre a reutilização dos trilhos urbanos para o transporte público. Mas a falta de vontade política é tanta que a gente só se decepciona. Não precisa reinventar nada, basta elevar ou abaixar a linha férrea nos cruzamentos – onde, aliás, já morreu muita gente – e implantar vagões para transporte de pessoas. Agora querem reinventar moda com o tal VLP. Aposto que isso não sai do papel, assim como muitos outros projetos para a cidade.

Luiz C. Segantini

Transporte 2

Curitiba tem o transporte público modelo para o mundo com suas linhas de ônibus biarticulados com canaletas exclusivas. Pode não agradar a todos os curitibanos, mas está resolvendo. Hoje, o maior ônibus do mundo anda pelas ruas da capital paranaense. Por que não continuar investindo nesse sistema de transporte, com mais linhas, outros itinerários, novos horários, motoristas sendo apenas motoristas, cobradores sendo valorizados como trabalhadores, e mais segurança? VLP em Curitiba é medida fora dos trilhos.

Waldomiro Tarcísio Padilha de Oliveira

Mensalão 1

Esse Lewandowski, desde o julgamento anterior dos acusados do mensalão, tem tentado fazer tumulto para ver se consegue livrar a pele de alguns dos culpados, certamente por interesses inconfessáveis. Por isso eu gosto de chamá-lo de "Lewandowski e trazendowski". É lamentável e muito triste admitir, mas nossos poderes, todos, a terminar pelo Judiciário, estão corrompidos. O ministro Joaquim Barbosa talvez tenha se excedido no palavreado, mas que o motivo foi justo, isso foi.

Dinart Bittencourt

Mensalão 2

A prática da arrecadação para fins partidários foi institucionalizada no governo FHC. Se toda essa indignação com tons hipócritas e preconceituosos, fosse ativada àquela época, estaríamos em uma situação bem mais saudável. Hoje se expõe o que sempre foi escondido, inclusive pelo Ministério Público. O PSDB e agregados atacam o que sempre praticaram, com a cumplicidade de parte da sociedade que nunca aceitou o projeto de distribuição de renda implantado pelo atual governo.

Randal Guelfi

Corrupção

Esse negócio de a alta cúpula da Polícia Civil estar envolvida com o roubo e desmanche de carros em Curitiba é prática velha e conhecida de todos. Só os governadores e secretários de Segurança parecem nunca ter enxergado. Sabem por que há tantos roubos de carros? Porque a máfia dos receptores é protegida e faz da polícia sua sócia nos esquemas. Pena que não vai dar em nada! Isso está aí há décadas.

Paulo Lugli

Gestão pública

Compreendo a preocupação do professor Alexandre Pohl (Gazeta, 21/8). Porém, é injusta a citação do Instituto Federal do Paraná como exemplo. O IFPR é vítima da imoralidade de pessoas que o mestre não nominou, os quais ocupavam cargos públicos inclusive em secretaria do governo estadual. A instituição é formada por servidores honestos; estes, sim, são o IFPR. Aqueles envolvidos nos desvios apenas estavam no IFPR. Quem sabe seja essa a solução para a imoralidade: precisamos mais ser que estar.

Pedro Izauro Grein

Eleição

Esse resultado da pesquisa sobre a intenção de voto para presidente no Paraná (Gazeta, 20/8) é bem típico do eleitor paranaense. É o eleitor que elegeu o Collor, não se importa com o nepotismo e não quer nem saber do que aconteceu na Assembleia Legislativa. Serra, que em São Paulo não se elege mais nem para vereador, seria tranquilamente o governador do estado, ou, na pior das hipóteses, senador. Triste.

Carlos Alberto Rathunde

Merenda

Sobre a reportagem a respeito da falta de nutricionistas para fazer o controle da merenda escolar (Gazeta, 20/8), faltou mencionar que os fornecedores de merenda escolar são fortíssimos doadores de campanha e por isso o serviço não é fiscalizado, para não incomodar a empresa que tem seus acertos com os governantes. A fiscalização é deliberadamente enfraquecida e os controles, "afrouxados". É difícil acreditar que não haja desvios nesse tipo de serviço levando em conta a falta de transparência no preço, nas quantidades e na fiscalização.

João Salmo

Saúde

A Constituição define que a saúde é um direito de todos e um dever do Estado. Como o Estado nem de perto atende satisfatoriamente, milhares de cidadãos são obrigados a pagar planos de saúde. E quem fiscaliza e julga as irregularidades desses planos de saúde é o próprio Estado, com a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e o Judiciário. Agora, que ironia, a ANS decide punir os planos de saúde e o Judiciário suspende a punição (Gazeta, 21/8)! Que Estado é esse?

Pedro I. Ceccon, economista, Piraquara – PR

Viagem

Essa rota entre Curitiba e Miami (Gazeta, 21/8) é um pedido antigo. Parabéns à empresa pela implantação do voo. Esperamos agora que o governo entenda as companhias aéreas e reduza o valor do combustível para aviões, que é um absurdo no Brasil. A população de Curitiba espera também que futuros voos diretos sejam inaugurados para outros países, principalmente os da Europa.

Dionisio Francisco Grabowski

Aeroporto

O governador Beto Richa está enterrando o dinheiro do Paraná em elefantes brancos como o aeroporto de Cascavel, que não reúne as mínimas condições de ser um aeroporto regional, mal localizado, com interferências climáticas que desfavorecem as manobras das aeronaves. Lá, quando venta, nem urubu voa! Para garantir os votos para a sua reeleição, o governador está mandando dinheiro de caminhão para ampliar um aeroporto que não irá funcionar.

João Carlos Cassoli

Drogas

Recentemente a Câmara dos Deputados uruguaia ratificou a comercialização e o consumo de maconha sob a fiscalização do Estado. Uma decisão coerente e celebrada por muitos legalistas. Mas essa opção foi feita por um país com um pouco mais de 3 milhões de habitantes. Reger a utilização dessa droga é, obviamente, muito mais fácil se o número de cidadãos for pequeno. Como se isso não bastasse, existem outras mazelas que tornam incoerente essa discussão no Brasil. Não adianta louvar ou criticar atitudes externas enquanto o funcionamento interno de instituições como a polícia e o Poder Judiciário for precário.

Renan Henric Cogo Guebur, estudante

Comissão da Verdade 1

Concordo plenamente com a opinião de Domingos Pellegrini (Gazeta, 17/8). Existem muitas distorções que colocam os militares como cruéis e os militantes assaltantes de banco como heróis, mas, se analisarem os fatos a fundo, verão que é exatamente o contrário.

Wilton Moreira Gardem

Comissão da Verdade 2

Enfim alguém escreve algo sobre esta comissão de "meia" verdade. Por que os esquerdistas que assaltaram e mataram não têm o mesmo tratamento? Parabéns ao escritor Domingos Pellegrini, que teve coragem de contar a sua história e escrever as verdades que não são ditas.

Cliceu Bassetti

Táxis

Excelente essa política de aumentar o número de táxis na nossa cidade (Gazeta, 17/8), porque não está dando mais para suportar o inchaço no trânsito e estradas, devido à péssima gerência do governo, principalmente federal. Eu tinha dois carros, mas ficou muito caro e existem veículos demais. A gente pode muito bem usar os táxis, desde que os tenhamos quando for necessário.

Natanael Machado

Crônica

Como diria Júlio Dantas, "o que é mais difícil não é escrever muito; é dizer tudo escrevendo pouco". Isso se aplica ao colunista Paulo Briguet (Gazeta, 19/8), que a cada semana nos embriaga com a beleza de seus textos, suas palavras, suas mensagens, sempre com uma lição de vida, uma reflexão para ler e reler.

Demiane Cruz Benetti

STF

As divergências de opinião e os ataques pessoais entre ministros do STF, onde alguns parecem estar como advogados de defesa a serviço de políticos, tem uma única origem: a nomeação de ministros pela Presidência da República, um dos três poderes que deveriam ser independentes e sem interferências. É preciso que a escolha dos ministros do STF seja feita por associações de juízes, mais habilitados a julgar quem é mais competente para ocupar o cargo máximo da carreira. Se houver escolhas erradas, certamente serão muito menores que no sistema de escolha pelo presidente.

Mário A. Dente, São Paulo – SP

Imagem

Infelizmente, nós, paranaenses, que antes passávamos uma imagem de um estado diferenciado dos demais em todos os aspectos, ultimamente temos de admitir que vários fatos noticiados pela mídia estão manchando a reputação do nosso querido Paraná perante o Brasil. Creio que não é a população que é culpada por isso, e sim quem tem o poder da caneta nas mãos.

João Aparecido Venâncio da Silva

Diplomacia

Conforme noticiado pela imprensa, o governo brasileiro elevou a pressão sobre os ingleses por causa do ocorrido com o brasileiro David Miranda, que ficou detido por nove horas no aeroporto de Londres e ainda teve o passaporte confiscado. Por outro lado, por que governo brasileiro ficou de "bico calado" com os bolivianos, quando o avião da FAB que levava o ministro da defesa Celso Amorim, em viagem oficial a La Paz, foi revistado por autoridades bolivianas? Será que fazer pressão sobre o governo do Reino Unido dá maior repercussão na imprensa internacional?

Edgard Gobbi

Copa do Mundo 1

O prefeito disse que não coloca mais dinheiro na Arena. Agora o secretário Reginaldo Cordeiro diz que as duas leis municipais aprovadas já previam reajuste (Gazeta, 20/8). Ou o prefeito está mal informado ou o secretário desconhece a lei. Tenho certeza de que vão dar mais dinheiro público para a Arena. É só esperar para ver.

Hernani Bergossi

Copa do Mundo 2

A ingerência desmedida dessa instituição chamada Fifa, idolatrada pelos políticos e jogadores que almejam projeção, é decorrente da própria incapacidade de gestão pública do nosso país.

Euclides José Vargas Neto

* * * * *

As mensagens devem ser enviadas à Redação com identificação do autor, endereço e telefone. Em razão de espaço ou compreensão, os textos podem ser resumidos ou editados. O jornal se reserva, ainda, o direito de publicar ou não as colaborações. Rua Pedro Ivo, 459 - Centro - Curitiba, PR - CEP 80010-020 - Tel.: (41) 3321-5999 - Fax: (41) 3321-5472.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

    Fim dos comentários.