• 14/09/2020 16:53
Saúde

Paraná libera cirurgias eletivas para hospitais privados que não atendam Covid-19

  • 14/09/2020 16:53
    • Gazeta do Povo
    A patient infected with COVID-19 is treated at the Intensive Care Unit of the Santa Casa de Misericordia Hospital in Porto Alegre, Brazil, on August 13, 2020. – The occupancy of ICU beds by COVID-19 patients has risen and reached the highest mark since the beginning of the pandemic in Porto Alegre, where only a 9.4% of UCI beds remain empty. (Photo by SILVIO AVILA / AFP)
    Paciente sendo tratado em UTI.| Foto: Sílvio Ávila/AFP

    A Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) publicou nesta segunda-feira (14) uma nova resolução sobre a realização de cirurgias no estado durante a pandemia. Por causa da maior demanda de medicamentos analgésicos e relaxantes musculares, utilizados para a intubação de pacientes com Covid-19, os procedimentos cirúrgicos vêm sendo limitados desde março. Aos poucos, porém, as restrições estão sendo flexibilizadas. Assim como já havia ocorrido em agosto, o documento sugere a suspensão apenas dos procedimentos que demandem terapia intensiva no pós-operatório ou em pacientes sob anestesia geral - exceto procedimentos de cardiologia, oncologia e nefrologia. A novidade da resolução 1.116/2020 é a liberação para que hospitais privados não participantes do combate à Covid-19 - ou contratualizados pela Sesa - realizem operações eletivas desde que se responsabilizem pelos medicamentos necessários, cuja "reposição não será feita, em hipótese alguma, pelo estado". A nova resolução revoga a anterior, 1.026/2020.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.