Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Carreata em Curitiba pelo fim do isolamento social e abertura do comércio.
Carreata em Curitiba pelo fim do isolamento social e abertura do comércio.| Foto: Eduardo Matysiak

Em diversas cidades do Paraná foram registradas manifestações em forma de buzinaço contra o isolamento social orientado pelo poder público como forma de combate ao coronavírus. As carreatas, que aconteceram na última quinta-feira (26) e também nesta sexta-feira (27), demonstravam apoio às últimas declarações do presidente Jair Bolsonaro, que pediu a prefeitos e governadores imediata reabertura dos comércios e retomada da população aos postos de trabalho. A quarentena determinada no Paraná é aprovada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que deu autonomia aos prefeitos, e segue orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS), para evitar propagação da Covid-19.

RECEBA notícias do Paraná pelo WhatsApp

Em Curitiba, os protestos aconteceram na manhã desta sexta-feira e tiveram início na Praça Afonso Botelho, em frente à Arena da Baixada. Os motoristas seguiram até o Palácio Iguaçu, sede do Governo Estadual que fica no Centro Cívico, buzinando e mostrando bandeiras do Brasil. Outros focos de manifestação pró-reabertura do comércio e fim da "quarentena" se espalharam pelas ruas da cidade. Na rua Padre Agostinho, no bairro Bigorrilho, também foi possível encontrar vários manifestantes. As carreatas que iniciaram neste ponto da cidade também seguiram rumo ao Centro Cívico.

Em Londrina, uma manifestação foi registrada por volta das 21 h da última quinta-feira. Motoristas protestavam contra a paralisação do comércio. Os carros ficaram em fila, com o pisca alerta ligado e a buzina acionada. Existe a previsão de mais manifestações no município nesta sexta-feira. O ponto de encontro será o estádio do Café.

Na tarde da última quinta-feira, também aconteceram protestos em Maringá. Motoristas se encontraram no Estádio Willie Davids e percorreram diversas regiões da cidade, passando pela rua XV Novembro, em frente à Prefeitura. O buzinaço durou cerca de duas horas.

Em Apucarana também houve o buzinaço na manhã desta sexta-feira e a carreata chegou a circular nos arredores da Prefeitura.

Em Foz do Iguaçu, também nesta sexta-feira, empresários lideraram as manifestações pela reabertura do comércio. A carreata começou na Vila A, percorreu diversas regiões da cidade, e terminou no centro.

As manifestações em Ponta Grossa também ocorreram nesta tarde.

35 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]