Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Carro participa de carreata em Curitiba pelo fim do isolamento social, em 27 de março.
Carro participa de carreata em Curitiba pelo fim do isolamento social, em 27 de março: no Rio, manifestação desse tipo está proibida.| Foto: Vivian Faria

Um dos articuladores da carreata em Curitiba a favor da flexibilização do isolamento domiciliar, Eder Borges ocupa um cargo comissionado no gabinete do deputado estadual Coronel Lee (PSL). Ambos são bolsonaristas e defendem a reabertura de estabelecimentos, na linha da campanha divulgada nesta sexta-feira (27) pelo governo federal.

Em seu perfil no Facebook, Eder Borges, que já foi candidato a vereador em Curitiba nas eleições de 2016 pelo PSC, informa que trabalha no “Aliança pelo Brasil”, futura legenda capitaneada por Jair Bolsonaro.

“Não podemos permitir que o Brasil quebre. O establishment está numa cruzada contra o Bolsonaro e contra o Brasil. Precisamos reagir!”, diz o convite à carreata, já realizada no início da tarde desta sexta-feira (27). "Vamos isolar nossos idosos e tratar os enfermos. O resto tem que voltar para a guerra!", continua a convocação, assinada por Eder Borges e pelo "Acampamento da Lava Jato".

O isolamento domiciliar, preservando apenas serviços essenciais, segue recomendação da prefeitura de Curitiba e também do governo do Paraná, na tentativa de reduzir a circulação do novo coronavírus.

| Eduardo Matysiak
3 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]