Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Natal comércio shopping
| Foto: Arquivo/Gazeta do Povo

Mesmo com aumento em relação ao ano passado, os comerciantes paranaenses venderam menos do que esperavam no Natal de 2021, aponta uma pesquisa do Datacenso encomendada pela Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado do Paraná (Faciap). De acordo com o levantamento, os empresários do estado esperavam crescimento de 14% nas vendas da data comemorativa em 2021, mas o resultado registrado foi de 11%.

Receba um boletim diário com notícias do Paraná  

A pesquisa ouviu 500 comerciantes de estabelecimentos de Curitiba e região metropolitana, Londrina, Maringá, região de Cascavel (Cascavel e Foz do Iguaçu), região de Ponta Grossa (Ponta Grossa e Guarapuava) e região de Francisco Beltrão (Francisco Beltrão e Pato Branco).

Quando analisados números segmentados, Londrina foi a cidade que teve melhor desempenho no aumento das vendas em relação a 2020: 18%. A cidade, inclusive, foi a única em que o desempenho final superou a expectativa de alta, calculada em 17%. Na outra ponta estão Maringá e Cascavel, que tiveram incremento de 8% nas vendas de Natal.

A capital, por sua vez, teve incremento de vendas na casa dos 9%, bem abaixo dos 16% projetados pelo setor.

Para 2022, há um clima de otimismo no comércio. 81% dos comerciantes apontaram ter esperança com o rumo dos negócios no próximo ano. Os comerciantes londrinenses, novamente, são os mais otimistas (86%), enquanto os de Francisco Beltrão registram a menor porcentagem de esperança (79%).

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]