Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Ventilador mecânico.
| Foto: Bigstock

O Conselho Regional de Medicina do Paraná (CRM-PR) emitiu dois alertas neste domingo (21) relacionados à utilização de fármacos e medicamentos em meio à pandemia do novo coronavírus. Segundo a entidade, há risco de desabastecimento de insumos necessários à intubação e à manutenção de ventiladores mecânicos.

RECEBA notícias do Paraná pelo WhatsApp

“São medicamentos utilizados em hospitais, nos centros cirúrgicos e em unidades de terapia intensiva [UTI], para procedimentos que exigem anestesia, analgesia, sedação e relaxamento muscular”, explica o presidente do CRM-PR, Roberto Yosida. “É importante que sejam utilizados muito criteriosamente, para que não venham a faltar quando forem realmente necessários.”

A recomendação da entidade é que procedimentos eletivos sejam suspensos até o controle da pandemia, desde que o adiamento não cause prejuízos ao paciente.

CRM-PR alerta contra automedicação

Outro comunicado emitido pelo CRM-PR também neste domingo (21) diz respeito ao uso de remédios para tratamento doméstico da Covid-19. A entidade alerta que a prescrição de medicamentos deve ser realizada exclusivamente por médicos, com base no quadro clínico de cada paciente.

Resultados de pesquisas preliminares que indicaram efeitos positivos de compostos em fases específicas do tratamento contra o novo coronavírus geraram corridas às farmácias por pacientes que tinham a intenção de se prevenir do vírus, contrariando as indicações de órgãos de saúde e entidades de profissionais médicos.

Estudos com cloroquina e hidroxicloroquina, por exemplo, acabaram não mostrando eficácia dos medicamentos na cura da Covid-19. “Agora tem a questão do corticoide [dexametasona]”, destaca Yosida. “Não é qualquer corticoide, não é qualquer dose, não é para prevenção e nem para caso leve”, ressalta. “O uso recomendado é apenas para situações específicas, em ambiente hospitalar, após avaliação médica”.

2 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]