Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
O governador Carlos Massa Ratinho Junior assina decreto com novas regras de enfrentamento à pandemia
O governador Carlos Massa Ratinho Junior assina decreto com novas regras de enfrentamento à pandemia| Foto: Rodrigo Felix Leal/Agência Estadual de Notícias

O governo do Paraná publicou nesta sexta-feira (30) novo decreto com alterações nas medidas restritivas de enfrentamento à pandemia de Covid-19. A partir deste sábado (1º), até 15 de maio, bares, restaurantes, shopping centers e comércio em geral poderão voltar a abrir aos domingos. Segundo o governo, a flexibilização foi decidida por causa da redução de casos e mortes por Covid-19 nas últimas semanas epidemiológicas.

Cadastre-se e receba notícias do Paraná pelo WhatsApp

Nos municípios com mais de 50 mil habitantes, as atividades de prestação de serviços e de comércio de rua não essenciais, galerias e centros comerciais poderão funcionar todos os dias, das 10 às 22 horas, com limitação de 50% de ocupação. Já as cidades com menos de 50 mil habitantes deverão seguir regras definidas pelas prefeituras.

Shopping centers poderão abrir ao público todos os dias da semana das 11 h às 22 h, com limitação de 50% de ocupação, e museus das 10 h às 22 h, também com 50%. Restaurantes, bares e lanchonetes poderão funcionar todos os dias das 10 h às 23 h, com limitação da capacidade em 50%, e fora desse horário apenas com a modalidade de entrega. Academias de ginástica e outros estabelecimentos de práticas esportivas individuais ou coletivas estão autorizados a funcionar das 6 h às 22 h, com 30% de ocupação.

Outra mudança é que a partir deste sábado os chamados toque de recolher e lei seca passam a vigorar diariamente no período das 23 horas às 5 horas do dia seguinte.

As mudanças serão adotadas nas cidades que não tenham medidas restritivas mais rigorosas impostas pelas prefeituras. Em Curitiba, por exemplo, segue valendo o decreto municipal mais recente.

4 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]