Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Ganhadores do Nota Paraná de junho de 2019
Os vencedores dos prêmios de junho do Nota Paraná recebem a bolada na véspera do feriado de Corpus Christi.| Foto: José Fernando Ogura/ANPr

Os ganhadores dos principais sorteios do Nota Paraná de junho - quatro vezes maior neste mês dos Namorados - receberam seus prêmios nesta quarta-feira (19), em cerimônia na Secretaria de Estado da Fazenda.

Quem levou a sorte grande - ou seja, R$ 200 mil - foi o curitibano Luciano de Paula. Ele teve 22 notas fiscais contabilizadas, que geraram 156 bilhetes. Tudo, segundo ele, dentro dos gastos mensais rotineiros. Por isso, ficou surpreso ao ser contemplado. "Será um feriado diferenciado", brincou ele, na véspera do feriadão de Corpus Christi. "Penso em comprar um imóvel para investimento", continuou o gerente de produção, em entrevista à Agência Estadual de Notícias.

A segunda maior fatia do bolo recheado do Nota Paraná de junho ficou com Anderson de Lima, de Cascavel. O eletricista embolsou R$ 120 mil - e só precisou de duas notas fiscais para levar o prêmio. "Fiquei em choque", resumiu ele, que vai usar a receita extra para terminar obras na residência e colocar as contas em dia.

Já o prêmio de R$ 80 mil foi parar em Santo Antônio da Platina. Marcelo Paulino Padilha havia comprado um carro e, pelo alto preço do produto, teve direito a 1.109 bilhetes. Acabou dando (muita) sorte. Com o dinheiro do Nota Paraná, quitou o financiamento do automóvel.

Segundo o governo do estado, 2,6 milhões de pessoas estão inscritas no programa. O Nota Paraná já distribuiu, até este mês, entre prêmios e créditos, R$ 1,47 bilhão aos paranaenses. Dessa bolada, R$ 136,7 milhões foram repassados para entidades beneficentes cadastradas - atualmente são 1.309 instituições.

Como se cadastrar

Para receber de volta o dinheiro do ICMS e participar dos sorteios, é necessário informar o CPF na hora da compra. A cada R$ 50 em compras, o consumidor recebe um cupom. Depois é necessário se cadastrar no site do Nota Paraná.

O programa permite também pedir a nota sem a identificação do documento e fazer a doação para uma entidade filantrópica.

Como resgatar o dinheiro ou doar a nota

Desde fevereiro do ano passado, quem for resgatar créditos do programa Nota Paraná para conta bancária tem que pagar pelo serviço, no valor de R$ 1,72.

A cobrança passa a valer a partir da segunda transferência feita pelo usuário no ano, seja pessoa física, jurídica ou entidades sem fins lucrativos cadastradas no programa. Até janeiro de 2018, a taxa do serviço não era repassada ao consumidor.

A exceção é o Banco do Brasil, por ser a instituição financeira oficial do estado. Neste caso, correntistas do Banco do Brasil não terão o desconto em qualquer solicitação de crédito.

Se o consumidor não deseja informar seu CPF na nota, é possível doá-la a entidades filantrópicas e assistenciais.

1 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]