Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Governador Carlos Massa Ratinho Junior
Governador Carlos Massa Ratinho Junior| Foto: RODRIGO FELIX LEAL/AEN

O governo do Paraná publicou um novo decreto que prorroga por mais 15 dias as medidas restritivas de enfrentamento da pandemia de Covid-19 no estado. O decreto 7.230/21 deve vigorar até o próximo dia 15 de abril, e traz novidades em relação ao decreto anterior, como a autorização para o funcionamento de shopping centers e do comércio considerado não essencial aos sábados – restritos às modalidades de delivery e drive thru. As regras do novo decreto estadual ainda não se aplicam a Curitiba e Região Metropolitana, onde segue em vigor outro decreto, o 7.194/21, até o próximo dia 5 de abril.

As principais notícias do Paraná pelo WhatsApp

O toque de recolher entre as 20 h e as 5 h segue em vigor. As exceções à regra são os profissionais que trabalham em serviços essenciais. A venda e o consumo de bebidas alcoólicas em espaços de uso público e coletivo também seguem proibidas durante a mesma faixa de horário.

Bares, restaurantes e lanchonetes têm autorização para abertura ao público apenas de segunda-feira a sexta-feira, das 10 h às 20 h, respeitando a ocupação máxima de 50% do espaço. Já para a entrega de pedidos, não há restrições de dia ou horário.

Shows, espetáculos de teatro e circo, cinemas, casas noturnas e museus seguem com as atividades suspensas. Também não têm autorização para funcionar os eventos sociais e festas em buffets. Congressos, feiras, mostras comerciais, convenções, eventos técnicos e reuniões também continuam restritos enquanto vigorar o decreto.

Não há mudanças também em relação às aulas presenciais, que apesar de não serem citadas no novo decreto continuam suspensas na rede estadual de ensino. Caberá à Secretaria Estadual de Educação definir o cronograma de retorno às atividades. Ainda não há prazo para que isso aconteça.

Para as atividades religiosas a orientação é seguir o determinado pela Secretaria de Saúde na resolução 221/21, publicada em 26 de fevereiro. Templos, igrejas e outros espaços estão autorizados a realizar suas atividades de forma presencial desde que respeitem o limite de 15% de lotação dos espaços físicos. A orientação, informa o governo, é seguir com as celebrações, cultos e atividades de forma virtual.

Situação crítica

As medidas foram mantidas porque, segundo o governador Carlos Massa Ratinho Júnior (PSD), ainda há necessidade de tais ações para conter a transmissão do coronavírus. Só nesta quarta-feira foram confirmadas as mortes de 196 paranaenses. Outros 3.509 casos positivos de Covid-19 foram confirmados no estado neste mesmo dia. As mortes por infecção do coronavírus já chegam a 16,6 mil e o Paraná contabiliza 840.728 casos positivos. A taxa de ocupação dos leitos de UTI exclusivos para o tratamento da doença segue alta, em 95%.

22 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]