Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
O que você acha da cassação de políticos acusados de fake news?
| Foto: Pixabay

Nesta quinta-feira, 28, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cassou por 6 votos a 1 o mandato do deputado estadual paranaense Fernando Francischini (PSL), acusado de disseminar fake news nas eleições de 2018.

À época, no dia de votação do primeiro turno, Francischini disse que tinha em mãos documentação da Justiça eleitoral que provava que as urnas tinham sido fraudadas ou adulteradas para impedir a eleição de Jair Bolsonaro. Em seu voto, o ministro relator do caso no TSE, Luis Felipe Salomão, classificou as denúncias como “absolutamente falsas, manipuladoras”, que levaram a erro milhões de eleitores.

A defesa do político admitiu que ele fez declarações “infelizes”, mas invocou a liberdade de expressão e argumentou que Francischini estava protegido pela imunidade parlamentar, que impede que deputados e senadores sejam responsabilizados por suas palavras e opiniões.

Participe da enquete da Gazeta do Povo sobre o tema. O resultado será enviado por e-mail, em primeira mão, para os respondentes da enquete.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]