Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

A preocupação com os riscos de contaminação pelo novo coronavírus está fazendo com que vários paranaenses, de todas as idades, deixem de procurar atendimento médico. Essa atitude tem consequências: as estatísticas já mostram menos diagnósticos de câncer em crianças, jovens e adultos. Como a identificação precoce interfere na perspectiva de cura, especialistas já preveem quantidade maior de casos e em estágio mais avançado. Para quem preocupado com a Covid-19, fica o alerta: o sistema hospitalar criou protocolos para dar mais segurança a quem procura atendimento médico.

RECEBA notícias sobre o Paraná pelo WhatsApp

Para apresentar esse cenário no Paraná, que já é visível por meio dos números de atendimentos, exames e cirurgias, e também pela percepção de profissionais da área, a edição desta semana do podcast Pequeno Expediente conversou com o diretor clínico do Hospital Erasto Gaertner (HEG), Sérgio Ioshi, com a chefe do departamento de pediatria do HEG, Mara Albonei Dudeque Pianovski, e com a chefe do serviço de Oncologia e Hematologia do Hospital Pequeno Príncipe (HPP), Flora Mitie Watanabe.

O Pequeno Expediente é um podcast sobre temas paranaenses com atualização semanal. Feito pela equipe de reportagem da Gazeta do Povo, o programa fica disponível no site do jornal e nos principais aplicativos para Apple e Android.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]