i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Fora dos grupos prioritários

Polícia Civil vai entrar na investigação das denúncias de fura-filas da vacina

  • 23/02/2021 13:25
Vacina de Covid-19.
Vacina de Covid-19.| Foto: Hully Paiva / SMCS

A Polícia Civil vai investigar as denúncias de fura-filas da vacina da Covid-19 feitas à Controladoria-Geral do Estado (CGE). Em Curitiba e região metropolitana, os casos serão investigados pela Delegacia de Repressão a Crimes contra a Saúde (Decrisa) . Desde o fim de janeiro, a CGE já recebeu 486 denúncias de pessoas que teriam sido imunizadas irregularmente no Paraná. Desse total, 80 casos são na capital.

Antes de a investigação começar, o Ministério Público do Paraná (MP-PR) vai filtrar as denúncias a serem enviadas à polícia. Só serão encaminhadas à Decrisa denúncias que realmente apresentarem indícios de irregularidades na aplicação da vacina.  Na sequência, os investigadores vão verificar na Secretaria Estadual de Saúde (Sesa) se a pessoa suspeita recebeu de fato o imunizante. A partir de então, começam as diligências policiais, cujos inquéritos serão encaminhados ao MP-PR para denuncia na Justiça.

“Se comprovado que a pessoa tomou a vacina fora do quadro prioritário, ela vai responder por infração de medida sanitária preventiva, cuja pena é de um ano de detenção, mais multa”, explica a delegada Aline Manzatto, que vai coordenar as investigações. Se a investigação constatar participação de servidor público no desvio da vacina, além do crime contra a saúde pública, a pessoa vai responder por improbidade administrativa, podem ser exonerado.

Denúncias

Além dos canais da CGE, a delegada Eliana afirma que denúncias de fura-filas da vacinação da Covid-19 podem ser feitas diretamente à Decrisa. Porém, a policial pede para quem for denunciar que apresente o máximo de informações possíveis. Se não houver indícios de irregularidade, alerta a delegada, que a denúncia não seja feita.

“Não podemos perder tempo averiguando suspeitas infundadas. Então pedimos para a população só denunciar quando realmente houver indícios”, reforça a delegada.

Uma das linhas de investigação da Polícia Civil no caso de fura-filas é a postagem de fotos nas mídias sociais de pessoas que já se imunizaram. Neste caso, se a situação apresentar sinais de irregularidade, a Polícia Civil pode começar de imediato a averiguação, sem que haja denúncia a nenhum órgão.

Como denunciar

Na Controladoria-Geral do Estado (CGE), a denúncia pode ser feita elos telefones 0800 041 1113 e (41) 3883-4014, que atende pelo WhatsApp. No site da CGE, há uma aba específica para denúncias, que também podem ser feitas na aba “Ouvidoria”. Se preferir usar e-mail, o denunciante deve enviar o material para ouvidoria@cge.pr.gov.br

Já as denúncias diretas à Polícia Civil podem ser feitas à Decrisa, no telefone (41) 3883-7120 ou pelo e-mail decrisa@pc.gov.pr.br

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.