i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Regiões metropolitanas

Grande Curitiba cresce mais que as maiores do país: veja a população por cidade

  • PorCélio Yano
  • 03/09/2019 10:43
  • Atualizado em 23/09/2019 às 12:23
Vista aérea de Fazenda Rio Grande, na região metropolitana de Curitiba
Vista aérea de Fazenda Rio Grande, na região metropolitana de Curitiba| Foto: Divulgação/Prefeitura de Fazenda Rio Grande

No período de um ano, a região metropolitana de Curitiba (RMC) passou de 3.615.027 para 3.654.960 habitantes, registrando taxa de crescimento de 1,10% – acima das médias do Paraná (aumento populacional de 0,749%) e do país (0,792%). Para efeito de comparação, as regiões metropolitanas de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, as maiores do país, tiveram crescimento de 0,76%, 0,5% e 0,77%, respectivamente.

Na região metropolitana de Curitiba, as cidades de Tunas do Paraná, Fazenda Rio Grande e São José dos Pinhais foram as que mais cresceram porcentualmente no último ano, segundo as estimativas populacionais recentes divulgadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Com taxas acima de 1,8% de variação no número de habitantes, os municípios ajudaram a fazer da RMC o 9º aglomerado urbano do país que mais cresceu de 2018 a 2019 entre 28 considerados pelo IBGE.

Confira a estimativa populacional nas 399 cidades do Paraná

A população de Tunas do Paraná aumentou 3,06%, de 8.509 para 8.769 moradores, sendo o município que mais cresceu porcentualmente entre os 399 do Paraná. O total de moradores de Fazenda Rio Grande cresceu 1,87%, chegando a 100.209. Já em São José dos Pinhais, o número de habitantes subiu 1,8%, alcançando 323.340.

População dos municípios da RMC, por ordem alfabética

Município20182019Variação
Adrianópolis5.9835.919-1,070%
Agudos do Sul9.2699.3711,100%
Almirante Tamandaré117.168118.6231,242%
Araucária141.410143.8431,721%
Balsa Nova12.78712.9411,204%
Bocaiúva do Sul12.75512.9441,482%
Campina Grande do Sul42.88043.2880,951%
Campo do Tenente7.8947.9710,975%
Campo Largo130.091132.0021,469%
Campo Magro28.88529.3181,499%
Cerro Azul17.72517.7790,305%
Colombo240.840243.7261,198%
Contenda18.32618.5841,408%
Curitiba1.917.1851.933.1050,830%
Doutor Ulysses5.6095.580-0,517%
Fazenda Rio Grande98.368100.2091,872%
Itaperuçu28.18728.6341,586%
Lapa47.90948.1630,530%
Mandirituba26.41126.8691,734%
Piên12.60612.7461,111%
Pinhais130.789132.1571,046%
Piraquara111.052113.0361,787%
Quatro Barras23.19923.5591,552%
Quitandinha18.87319.0490,933%
Rio Branco do Sul32.27332.3970,384%
Rio Negro33.92234.1700,731%
São José dos Pinhais317.476323.3401,847%
Tijucas do Sul16.64616.8681,334%
Tunas do Paraná8.5098.7693,056%

Para fins de estimativas populacionais intercensitárias, o IBGE considera três variáveis: taxas de fecundidade, mortalidade e saldo migratório. O sociólogo Leonildo Pereira Souza, do Núcleo de Estudos Populacionais e Sociais do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes), explica que movimentos migratórios são influenciados por questões ligadas à infraestrutura de serviços públicos, além de lazer e entretenimento. “Outro fator muito importante é a oferta de trabalho”, diz.

Como as estimativas do IBGE carregam também o movimento capturado pelos últimos dois censos, o histórico intercensitário pesa nos números. Além da proximidade com a capital, o desenvolvimento da indústria nas últimas décadas ajuda a explicar o fluxo de entrada de novos moradores em Tunas, cuja economia é baseada no setor madeireiro. O mesmo se aplica a Fazenda Rio Grande, considerada a capital do pneu, e São José dos Pinhais, município fortemente ligado ao setor automotivo.

RMC cresce mais que regiões metropolitanas de SP, RJ e BH

Na lista de regiões que mais cresceram, o IBGE inclui também regiões integradas de desenvolvimento (Ride), cuja diferença em relação a regiões metropolitanas (RM) é abranger municípios de mais de uma unidade federativa.

À frente da RMC, ficaram a RM de Manaus (1,74%), a RM de Florianópolis (1,67%), a RM de Goiânia (1,66%), a Ride do Distrito Federal e Entorno (1,47%), a RM da Grande Vitória (1,42%), a RM do Norte/Nordeste Catarinense (1,38%), a RM de Campinas (1,26%) e a RM de Sorocaba (1,12%).

As RMs de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, as maiores do país, tiveram crescimento muito menor: 0,76%, 0,5% e 0,77%, respectivamente, ficando abaixo da média nacional (0,79%). Para Olga Lucia Firkowski, do Departamento de Geografia da Universidade Federal do Paraná (UFPR), os números mostram a configuração de um novo momento – “um amadurecimento de distribuição da população”, define.

População das regiões metropolitanas do país

Região metropolitana20182019Variação
1RM de Manaus2.631.2392.676.9361,74%
2RM de Florianópolis1.189.947 1.209.8181,67%
3RM de Goiânia2.518.775 2.560.6251,66%
4RIDE do Distrito Federal e Entorno4.560.505 4.627.7711,47%
5RM da Grande Vitória1.951.673 1.979.3371,42%
6RM do Norte/Nordeste Catarinense1.400.128 1.419.5181,38%
7RM de Campinas3.224.443 3.264.9151,26%
8RM de Sorocaba2.120.095 2.143.7861,12%
9RM de Curitiba3.615.027 3.654.9601,10%
10RM de Natal1.587.055 1.604.0671,07%
11RM de Ribeirão Preto1.702.479 1.720.4691,06%
12RM do Vale do Paraíba e Litoral Norte2.528.345 2.552.6100,96%
13RM de João Pessoa1.266.463 1.278.4010,94%
14Aglomeração Urbana de Piracicaba1.481.652 1.495.2200,92%
15RM de Londrina1.101.595 1.111.5770,91%
16RM da Baixada Santista1.848.654 1.865.3970,91%
17RM do Vale do Rio Cuiabá1.032.714 1.041.3070,83%
18RM de Fortaleza4.074.730 4.106.2450,77%
19RM de Belo Horizonte5.916.189 5.961.8950,77%
20RM de Belém2.491.052 2.510.2740,77%
21RM de Salvador3.899.533 3.929.2090,76%
22RM de São Paulo21.571.28121.734.6820,76%
23RM da Grande São Luís1.621.102 1.633.1170,74%
24RM de Maceió1.302.154 1.310.5200,64%
25RM de Recife4.054.866 4.079.5750,61%
26RM de Porto Alegre4.317.508 4.340.7330,54%
27RM do Rio de Janeiro12.699.74312.763.4590,50%
28RIDE da Grande Teresina1.218.917 1.223.9020,41%

Além de o crescimento relativo dos maiores aglomerados urbanos exigir um aumento absoluto muito mais significativo, as grandes cidades não são mais tão atraentes quanto já foram alguns anos atrás. “Com as novas tecnologias de transporte, as pessoas podem até morar fora da região metropolitana, ainda que trabalhem e vivam o cotidiano dela”, afirma Olga.

No caso da região metropolitana de Curitiba, por outro lado, a integração à capital exige uma proximidade muito maior. Tanto é que, dos 29 municípios, os dois que apresentaram variação populacional negativa – Adrianópolis (-1,07%) e Doutor Ulysses (-0,517%) – não fazem parte propriamente da dinâmica metropolitana, na avaliação de Olga. “Municípios de uma região metropolitana têm algo em comum, que é o fato de conformarem uma única realidade urbana, o que não é o caso de Adrianópolis e Doutor Ulysses, por exemplo.”

A pesquisadora explica que há uma tendência histórica de aumento populacional na Grande Curitiba que resulta da migração de pessoas de cidades pequenas do interior do Paraná em busca de mais oportunidades. Entre 2018 e 2019, 181 municípios paranaenses perderam habitantes. Desses, 180 (99,4%) têm menos de 50 mil habitantes – apenas Foz do Iguaçu, no Oeste do estado, está fora dessa lista.

A região metropolitana de Curitiba compreende atualmente as cidades de Adrianópolis, Agudos do Sul, Almirante Tamandaré, Araucária, Balsa Nova, Bocaiuva do Sul, Campina Grande do Sul, Campo do Tenente, Campo Largo, Campo Magro, Cerro Azul, Colombo, Contenda, Curitiba, Doutor Ulysses, Fazenda Rio Grande, Itaperuçu, Lapa, Mandirituba, Piên, Pinhais, Piraquara, Quatro Barras, Quitandinha, Rio Branco do Sul, Rio Negro, São José dos Pinhais, Tijucas do Sul e Tunas do Paraná.

Como a Gazeta do Povo noticiou recentemente, a Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec) avalia retirar algumas dessas cidades do grupo na elaboração do novo Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado (PDUI), que deve ser aprovado até 2021.

RMC é a 9ª maior do país

Com 3.654.960 habitantes, a RMC ocupa a 9ª posição também na classificação das regiões metropolitanas por população. A Grande Curitiba fica atrás da RM de São Paulo (21.734.682 habitantes), da RM do Rio de Janeiro (12.763.459), da RM de Belo Horizonte (5.961.895), da Ride do Distrito Federal e Entorno (4.627.771), da RM de Porto Alegre (4.340.733), da RM de Fortaleza (4.106.245), da RM de Recife (4.079.575) e da RM de Salvador (3.929.209).

5 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 5 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • C

    claudemir franco de oliveira

    ± 0 minutos

    Araucária não foi com****da?? Não faz parte. Que levantamento hein?? E crescimento populacional sem uma politica pública voltada para a população só traz problemas.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • E

      ELISEU FREITAS DOS SANTOS

      ± 18 dias

      Errata: Araucária com aproximadamente 130.000 habitantes foi levada em consideração nestes cálculos? Pois não foi mencionada. Sendo assim sem ser contabilizada o índice está furado...

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • E

        Eduardo

        ± 18 dias

        Bueno, infelizmente com o aumento da população aumenta a criminalidade também. Não à toa o programa no Moro escolheu SJP como uma das cidades piloto... Como ex-morador de SJP, afirmo que esse crescimento foi e está sendo muito prejudicial.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • מ

          מ¶¶¶¶¶

          ± 18 dias

          A região metropolitana de curitiba.....na prática ...não existe...pois não houve a conurbação entre as cidades.

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • N

            Neto

            ± 18 dias

            Como se pode "estimar" números tão exatos? Não faz sentido. Qual a margem de erro?

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            Fim dos comentários.