i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Privatizada

Em 22 anos, Sercomtel evaporou investimento da Copel e deixou prejuízo bilionário

  • 20/08/2020 20:38
Prédio da Sercomtel em Londrina
Prédio da Sercomtel em Londrina| Foto: Roberto Custódio/Arquivo/Gazeta do Povo

A venda da operadora de telefonia Sercomtel ao fundo de investimentos Bordeaux na terça-feira (18) encerra um capítulo incômodo para a Companhia Paranaense de Energia (Copel), que detinha 45% das ações da empresa londrinense. Adquirida em 1998 por R$ 186 milhões – mais de R$ 1 bilhão em valores atuais –, a cota de participação da Copel deve render à empresa menos de R$ 2 milhões ao fim do processo de alienação da telefônica, que agora depende apenas da aprovação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) para ser concretizado.

As principais notícias do Paraná no seu WhatsApp

Aplicado em qualquer fundo que rendesse no mínimo a inflação no período, o investimento, feito em maio de 1998, equivaleria hoje a pelo menos R$ 1.019.494.086 na correção feita pelo IGP-M. Para se ter uma ideia, nesses 22 anos, a Sercomtel apresentou prejuízo líquido em 12 exercícios, incluindo no último ano, quando as perdas somaram R$ 22,98 milhões. Entre 1998 e 2019, o patrimônio líquido da operadora caiu de R$ 253 milhões (R$ 1,39 bilhão, em valores atuais) para R$ 60,1 milhões.

Lucro/prejuízo líquido da Sercomtel (em milhares de reais)

AnoResultado
1998-20.471
19997.419
20007.562
20016.114
200218
2003-1.952
2004-516
2005-2.964
2006-6.060
20078.773
20087.723
2009-20.680
2010618
2011-6.484
2012-65.403
2013-60.499
20147.094
20151.453
2016-20.592
2017-4.424
20181.758
2019-22.980

Fonte: Relatórios administrativos e financeiros da Sercomtel de 1998 a 2019

Patrimônio líquido em 31 de dezembro (em milhares de reais)

AnoPatrimônio
1998 253.009
1999 259.462
2000 263.913
2001 245.651
2002 242.781
2003 236.946
2004 234.573
2005 226.683
2006 228.829
2007 237.435
2008 230.195
2009 207.891
2010 207.227
2011 200.704
2012 134.702
2013 55.264
2014 89.667
2015 88.281
2016 70.853
2017 72.857
2018 73.251
2019 60.159

Fonte: Relatórios administrativos e financeiros da Sercomtel de 1998 a 2019

De acordo com a prefeitura de Londrina, que era a sócia majoritária da Sercomtel com 50,9% das ações, as dívidas da companhia chegam próximo de R$ 600 milhões. “Fizemos uma avaliação, o chamado valuation, que mostrou que a empresa valia -R$ 170 milhões. Valia negativo, somando tudo o que ela tinha e o que devia”, explicou o prefeito londrinense, Marcelo Belinati (PP), em coletiva de imprensa nesta quarta-feira (19). Em razão da situação financeira, a operadora era alvo de um processo de caducidade de outorgas na Anatel, que poderia levá-la a perder a concessão do serviço de telefonia.

Na terça-feira, em leilão realizado na B3, o fundo Bordeaux arrematou a operação pelo valor de R$ 133,8 milhões, dos quais R$ 130 milhões serão necessariamente investidos na Sercomtel, conforme exigência da Anatel para atendimento aos indicadores econômico-financeiros mínimos. Do montante, R$ 50 milhões capitalizarão a empresa de forma imediata e R$ 80 milhões serão usados conforme a necessidade de caixa da operadora.

“É preciso deixar muito claro que esse dinheiro não vem para a prefeitura [ou Copel]. Ficará dentro da Sercomtel para se fazer a capitalização”, explicou o secretário de governo de Londrina, Juarez Tripadalli, na entrevista coletiva sobre a venda do negócio. O aporte oferecido pela Bordeaux dará à gestora a propriedade de 97,4% das ações da empresa. Ao final do processo de compra, que deve ser concluído em cerca de 90 dias, os 2,6% restantes também precisarão ser obrigatoriamente adquiridos pelo novo controlador, o que renderá aproximadamente R$ 4 milhões a serem divididos entre o município de Londrina (50,9%), a Copel (45%) e os demais sócios minoritários (4,1%). No caso do município, a operação privada da Sercomtel ainda renderá tributos, uma vez que não haverá mudança da sede.

Para o analista de mercado Eduardo Voglino, ao vender a participação em uma companhia deficitária, a Copel ganha em termos de gestão, ainda que amargue um grande prejuízo em relação ao valor de compra. “Há uma tendência de a empresa se valorizar quando se desfaz de uma operação que carrega mais do que incrementa”, avalia. Para ele, investir em um negócio que não é o core business da empresa tem sempre um risco, mas é uma alternativa para empresas que têm muito caixa que não pode mais ser reinvestido, seja por limitação geográfica ou de market share, por exemplo.

“É uma alternativa para capitalizar, mas nem sempre acaba dando certo.” Para Voglino, a venda da Copel Telecom, programada pela holding para o terceiro trimestre deste ano, ocorre no mesmo sentido, ou seja, direcionar o foco da empresa ao seu setor principal, que é o da energia.

Procurada pela reportagem, a Copel encaminhou nota em que afirma que a atual gestão “é diligente e transparente” e que está trabalhando para que a companhia “permaneça sempre economicamente saudável, prestando serviço de qualidade para contribuir com o desenvolvimento do Paraná”.

Compra de ações da Sercomtel pela Copel rendeu cassação de mandato do então prefeito Antônio Belinati

A Sercomtel teve origem em um departamento da prefeitura de Londrina criado em 1964. Dois anos depois, tornou-se uma autarquia municipal. Somente na década de 1990 foi transformada em sociedade anônima de economia mista. A compra, em 1998, de 45% de suas ações pela Copel teria sido articulada pelo então prefeito Antônio Belinati, tio do atual prefeito, e o então governador do estado, Jaime Lerner. A vice-governadora, na época, era Emilia Belinati, primeira-dama de Londrina.

O negócio levantou suspeitas do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PR) e do Ministério Público do Paraná (MP-PR), que viram indícios de que o valor, que deveria ter sido revertido aos cofres do município, teria sido desviado para cobrir despesas de campanhas eleitorais, no que ficou conhecido como caso AMA/Comurb. O nome faz referência à Autarquia Municipal de Ambiente e à Companhia Municipal de Urbanização, por meio das quais Belinati teria realizado contratações fictícias para compras de materiais. Em 2000, o prefeito acabou afastado do cargo e posteriormente teve o mandato cassado por improbidade administrativa.

9 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 9 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • J

    jota moreno

    ± 0 minutos

    Liga pros Richas

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    Sr. Walker

    ± 2 dias

    Aguardamos agora a privatização da Copel Telecom. Que não demore.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    ALCEU PINTO DE ALMEIDA FILHO

    ± 4 dias

    Deveria se apurar a razão e as circunstâncias da COPEL ter sido conduzida a entrar nesse negócio. Politicamente, coisa boa não era. Outra apuração ser direcionada a saber porquê a COPEL e os governos do Estado mantiveram a Sercomtel sob a COPEL, se sempre ela foi um abacaxi. Todos os gestores da Copel, governadores, prefeitos, deveriam responder por esse absurdo. Ser julgados e presos. Dinheiro do povo pelo ralo. Privatiza tudo!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Amilcar Marques

    ± 4 dias

    encontro de empresas publicas (sercomtel, prefeitura e copel) normalmente dá nisto - perda de grana, corrupção, cabide de empregos etc.... A duvida é porque a Copel ficou tanto tempo com este abacaxi na mão ? aguentando os prejuizos. Se fosse uma empresa privada ia ficar tambem. .Vende a Copel já.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Marcus Pinheiro Machado

    ± 4 dias

    cassado ,só isso?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • N

    Nekara

    ± 4 dias

    Recordo que nos idos de 2002/2003 houve um plebiscito em Londrina para perguntar ao povo se privatizavam ou não a Sercomtel. Era início dos investimetos pesados em telecom pelas grandes empresas privadas. No plebiscito o povo londrinense respondeu NÃO a venda. Péssima decisão. Teriam vendido a empresa por um bom valor à época (pois tinha rede própria e cabeamento na cidade, o que interessava às grandes) e a cidade e o estado não arcariam tanto tempo com uma empresa deficitária. Por isso, nem tudo deve ser decidido pela população.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    Salo

    ± 4 dias

    Ma administração com apadrinhados no comando tem este resultado.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Maquiavel

    ± 4 dias

    E a Copel quando que será privatizada??

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • N

      Nekara

      ± 4 dias

      Essa não vai. Ela até que está sendo bem conduzida nos últimos anos.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]