i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Magistério

A cidade pequena que consegue pagar um dos mais altos salários a professores

Nenhum professor de Farol recebe menos do que R$ 1.940 por mês, para uma jornada de 20 horas semanais, valor R$ 791 acima do piso nacional do magistério

  • PorKatia Brembatti
  • 09/01/2018 19:00
A cidade de Farol | Divulgação/Prefeitura de Farol
A cidade de Farol| Foto: Divulgação/Prefeitura de Farol

O município de Farol, no Centro-Oeste, tem o quarto maior valor inicial pago a um professor no Paraná. Como cidade pequena de interior, destoa entre as líderes do ranking estadual: Araucária (1ª), São José dos Pinhais (2ª) e Pinhais (3ª), todas no entorno de Curitiba, que aliás, está na 5ª colocação. Nenhum professor de Farol recebe menos do que R$ 1.940 por mês, para uma jornada de 20 horas semanais. São R$ 791 acima do piso referente a 2017.

A prefeita Angela Maria Moreira Kraus (PSDB) faz questão de dizer que não tem milagre e que obter isso é muito difícil. “É planejamento e organização”, defende. O comparativo com outras cidades do Paraná também chama a atenção para a situação de Farol, que tem 3,4 mil habitantes, vive basicamente da agricultura, tem 32 professores e cerca de 400 alunos matriculados. Tais dados são muito parecidos com os registrados em São Pedro do Paraná, que tem o menor valor pago a um professor no estado. E o piso em Farol, para 20 horas, é maior do que o salário referente a 40 horas de trabalho em Santa Maria do Oeste.

Farol está abaixo dos gastos máximos com o funcionalismo e, mesmo assim, consegue remunerar os professores em valores bem mais altos que o mínimo exigido por lei. No papel, o piso é exatamente o que manda a lei. Mas ninguém recebe esse valor porque há uma série de avanços, previstos no plano de carreiras do magistério. A prefeita poderia destinar parte da verba que recebe do Fundo Nacional da Educação Básica (Fundeb) para outras despesas escolares, como merenda e transporte, mas prefere gastar 100% no salário dos professores.

Com orçamento anual na casa de R$ 17 milhões, a prefeita de Farol usa uma fórmula para dar contas das despesas. Angela usa a receita local para arcar com as despesas fixas do município e vai em busca de recursos estaduais e federais para fazer investimentos. Ela conta que, ao longo dos últimos cinco anos, conseguiu o valor equivalente a um orçamento anual em emendas e convênios conquistados a partir do apoio de deputados. “Eu tinha que comprar um caminhão de lixo de R$ 290 mil, mas só com o dinheiro da prefeitura nunca que eu conseguiria”, conta. Contudo, Angela evita dizer que está tudo como gostaria. Enfermeira por profissão, sabe que precisaria melhorar as questões de saúde da cidade. Pelo menos em relação ao salário inicial dos professores, Farol está melhor do que outros 395 municípios do Paraná.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.