Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
 | AYRTON VIGNOLA/ESTADÃO CONTEÚDO
| Foto: AYRTON VIGNOLA/ESTADÃO CONTEÚDO

Sondagem feita pelo Paraná Pesquisas para a Gazeta do Povo mostra que 75,7% dos brasileiros defendem que os irmãos Joesley e Wesley Batista, donos da JBS, deveriam ser condenados à prisão pelos crimes revelados no acordo de delação premiada homologado pelo Supremo Tribunal Federal. Outros 19,7% responderam que eles não deveriam ser detidos e 4,6% não opinaram. Na negociação, eles receberam em troca a garantia de que não serão processados.

Em casos de investigações em andamento – como é o caso das operações da Polícia Federal Cui Bono, Greenfiled e Carne Fraca, entre outras –, os executivos da empresa ganharam imunidade. E em casos que já viraram denúncias, o acordo prevê o perdão judicial.

A pesquisa também sondou a percepção dos brasileiros em relação ao envolvimento do presidente Michel Temer com a denúncia. 63,8% dos brasileiros disseram que Temer não foi vítima de uma armação dos irmãos Batista. Outros 30,2% disseram que, sim, ele foi vítima de uma armação e 6% não sabiam ou não opinaram.

A pesquisa entrevistou 2.494 brasileiros com mais de 16 anos, a partir de questionário online com usuários de internet durante os dias 24 e 25 de maio de 2017.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]