Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Caro usuário, por favor clique aqui e refaça seu login para aproveitar uma navegação ainda melhor em nosso portal. FECHAR
PUBLICIDADE

ELEIÇÕES 2018

Bolsonaro lidera com folga, Doria decepciona e Haddad surpreende em pesquisa

Em pesquisa do DataPoder360, militar da reserva também lidera as quatro simulações de segundo turno. No primeiro turno, Doria não vai melhor que Alckmin

  • Da Redação
 | Marcelo Andrade/Gazeta do Povo
Marcelo Andrade/Gazeta do Povo
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Pesquisa feita pelo DataPoder360, pertencente ao site Poder360, coloca Jair Bolsonaro (PSL) com uma liderança folgada nas intenções de voto para o primeiro turno das eleições à Presidência. Ciro Gomes (PDT) aparece em segundo lugar. Quem surge bem posicionado, brigando pelo segundo turno, é Fernando Haddad, indicado na pesquisa como postulante pelo PT – o nome do ex-presidente Lula não foi apresentado aos entrevistados.

O tucano João Doria, incluído em um dos três cenários criados pelo DataPoder360, não foi melhor que Geraldo Alckmin. O ex-prefeito de São Paulo, que no momento é pré-candidato ao governo paulista, é visto por parte do PSDB como alternativa a Alckmin, que há meses estacionou nas pesquisas.

CONFIRA: O desempenho de todos os candidatos na pesquisa

Bolsonaro vence as quatro simulações para o segundo turno – 31% contra 20% de Alckmin, 34% contra 21% de Ciro Gomes, 35% contra 25% de Marina Silva (Rede) e 35% contra 20% de Haddad. Os cenários para segundo turno têm elevada proporção de intenções de voto nulo ou em branco (variando de 36% a 39%, conforme o caso), com 5% a 9% dos entrevistados dizendo que não sabem em quem vão votar ou não respondendo.

Em dois cenários, foram incluídos apenas pré-candidatos vistos como mais competitivos, que pontuaram acima de 5% nos levantamentos anteriores do instituto. O terceiro cenário inclui candidatos com intenção de voto mais baixa.

No primeiro cenário, Bolsonaro tem 25% e Ciro Gomes, 12%. Na sequência aparecem Haddad (8%), Alckmin (7%), Alvaro Dias (Podemos, com 6%), Marina Silva (6%). Branco e nulo somam 28% e 8% não sabem em quem vão votar ou não responderam.

LEIA TAMBÉM:Inocente ou culpado? Os 30 anos do julgamento que pôs fim à carreira militar de Bolsonaro

O segundo cenário também é liderado por Bolsonaro (22%), seguido por Ciro (12%), Haddad (8%), Marina (7%), Doria (6%) e Alvaro (6%). Branco e nulo somam 29% e 11% não sabem ou não responderam.

No terceiro cenário, mais longo, Bolsonaro tem 21% e Ciro, 11%. Marina aparece com 7%, Haddad tem 6%, Alckmin, 6% e Alvaro, 5%. Em seguida, vêm Manuela D’Ávila (PCdoB, 2%), Fernando Collor (PTC, 1%), Flávio Rocha (PRB, 1%), Henrique Meirelles (PMDB, 1%) e Rodrigo Maia (DEM, 1%). Não pontuaram Afif Domingos (PSD), Guilherme Boulos (Psol), João Amoêdo (Novo) e Paulo Rabello (PSC). Brancos e nulos são 27% e 12% não sabem ou não responderam.

VEJA TAMBÉM:Mais pesquisas de intenção de voto para a Presidência

Metodologia

O levantamento fez 10,5 mil entrevistas por telefone, com pessoas de 349 cidades de todas as regiões do país, entre 25 e 31 de maio. A margem de erro é de 1,8 ponto porcentual para mais ou para menos. O registro da pesquisa no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é BR-09186/2018.

O estudo é aplicado por meio de um sistema no qual os entrevistados recebem uma ligação com uma gravação e respondem a perguntas por meio do teclado do telefone.

o que você achou?

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Política

PUBLICIDADE