| /
| Foto: /

Em uma Câmara esvaziada, monarquistas realizaram no plenário da Casa, na manhã desta segunda-feira (11), sessão solene em homenagem ao imperador Dom Pedro II. O mês de dezembro marca o nascimento e a morte do imperador, justificando a escolha da data. Ao final da sessão, apenas dois deputados registravam presença no Congresso Nacional.

A iniciativa da homenagem foi do deputado André Amaral (PMDB-PB), em apoio ao Círculo Monarquista Brasileiro. Com a bandeira imperial do Brasil e saudando o imperador e a família real, inclusive a princesa Isabel, os participantes da homenagem elogiaram os feitos da família real e do imperador.

LEIA MAIS: Por que tanta gente quer a volta da monarquia no Brasil?

Representando a família real, participou da homenagem o príncipe Dom Gabriel de Orleans e Bragança, sobrinho do Príncipe Dom Luiz de Orleans e Bragança, Chefe da Casa Imperial do Brasil.

Em discurso, ele elogiou a expansão das fronteiras brasileiras durante o reinado de Dom Pedro II. Saudou seu apreço pelas artes e educação.

“Dom Pedro II saiu no Brasil exilado. Ele carregou consigo um baú, que todos achavam que continha ouro. Chegando em seu exílio, o baú foi aberto e continha terra do Brasil, o país que ele amava”, afirmou o príncipe durante a homenagem. “Esperamos que ele sirva de exemplo para os brasileiros ainda hoje e sua história seja propagada por muitos anos”, disse.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]