Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

- Indicação do procurador-geral da República, Augusto Aras, para mais dois anos no cargo, anunciada pelo presidente Jair Bolsonaro, já era dada como certa dentro do Ministério Público Federal

*) O que já era bastante provável, acabou sendo confirmado nesta terça-feira (20): o presidente Jair Bolsonaro indicou o atual procurador-geral da República, Augusto Aras, para mais um mandato no cargo de chefe do Ministério Público Federal.

Nunca é demais lembrar qual é a importância desse cargo. Por exemplo: a Constituição dá apenas ao procurador-geral a prerrogativa de investigar o presidente da República.

A recondução de Aras depende da aprovação no Senado. Será que a expectativa para este provável segundo mandato do atual procurador-geral é a manutenção de um alinhamento às pautas do governo? Aras deve continuar não avançando em investigações que possam atingir Bolsonaro ou seus aliados?

Isso tudo é analisado neste episódio do podcast 15 Minutos. O convidado é o Renan Ramalho, repórter da Gazeta do Povo que acompanha o assunto em Brasília.

***
O podcast 15 minutos é um espaço para discussão de assuntos importantes, sempre com análise e a participação da equipe de jornalistas da Gazeta do Povo. De segunda a sexta, de forma leve e dinâmica, com a duração que cabe na correria do seu dia. Apresentação é do jornalista Márcio Miranda. O programa é publicado no Spotify, Google Podcast, Deezer e no iTunes.

***
Ficha técnica: ‘15 minutos’, podcast de notícias da Gazeta do Povo #Apresentação e roteiro: Márcio Miranda; direção de conteúdo: Rodrigo Fernandes; equipe de produção: Maria Eduarda Scroccaro montagem: Leonardo Bechtloff; estratégia de distribuição: Marcus Ayres.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]