Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Depois de muito tempo sob controle, a inflação voltou a subir e a assustar o bolso dos brasileiros. Mas a situação traz tremor por relembrar o período em que houve remarcação de preços.

Entenda o porquê desse aumento da inflação.

O que está causando o aumento na inflação?

Apesar deste avanço na inflação exigir atenção, ele não tende a ser um grave risco para o país. Isso porque a avaliação de muitos especialistas é que ela ainda não está descontrolada.

Mesmo assim, a pressão nos preços deve continuar nos próximos meses e é provável até que a gente tenha um aumento da taxa básica de juros, a Selic, em 2021 para tentar controlar essa subida.

Mas por que a inflação voltou a subir tanto? Especialistas apontam algumas razões. A primeira delas é o aumento do preço dos alimentos, causado tanto pelo aumento da demanda quanto pela menor produção. É por isso que o arroz e o feijão ficaram tão mais caros nos últimos meses, por exemplo.

Além disso, teve a valorização das commodities. Com o dólar alto, as exportações aumentaram e a oferta dentro do Brasil diminuiu. O dólar alto também encareceu vários outros produtos, principalmente aqueles que precisam ser importados.

Embora esteja abaixo da meta - que é de 4% para 2020 -, o sinal de alerta se acende porque antes a inflação estava concentrada somente nos alimentos, e agora começou a ser repassada para bens duráveis e até para alguns serviços.

Conteúdo editado por:Jenifer Ribeiro dos Santos
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]