Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado

- Como repercutiu no STF a nova ação do presidente Jair Bolsonaro contra o ministro Alexandre de Moraes

*) A crise institucional ganhou mais um capítulo nesta semana. O presidente Jair Bolsonaro (PL) protocolou na terça-feira (17) no Supremo Tribunal Federal (STF) uma queixa-crime contra o ministro Alexandre de Moraes por abuso de autoridade. A queixa já foi rejeitada pelo relator, o ministro Dias Toffoli.

No documento, o chefe do Executivo alegava que Moraes teria realizado "sucessivos ataques à democracia, desrespeito à Constituição e desprezo aos direitos e garantias fundamentais".

A queixa apresentada pelo advogado pessoal do presidente vem em um momento em que as relações entre Executivo e Judiciário estão abaladas. Isso desde a condenação na Corte do deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ) e da concessão da graça presidencial, no dia seguinte.

Aliado a isso, claro, há os constantes ataques do presidente da República ao processo eleitoral.

Como repercutiu no STF esse novo movimento do presidente da República contra o ministro Alexandre de Moraes? E qual pode ser o futuro da queixa, após a rejeição, por parte do ministro Dias Toffoli? É isso que analisa este episódio do podcast 15 Minutos. O convidado é o Renan Ramalho, repórter da editoria de República da Gazeta do Povo.

***
O podcast 15 minutos é um espaço para discussão de assuntos importantes, sempre com análise e a participação da equipe de jornalistas da Gazeta do Povo. De segunda a sexta, de forma leve e dinâmica, com a duração que cabe na correria do seu dia. Apresentação é do jornalista Márcio Miranda.

***
Ficha técnica: ‘15 minutos’, podcast de notícias da Gazeta do Povo #Apresentação e roteiro: Márcio Miranda; direção de conteúdo: Rodrigo Fernandes; equipe de produção: Maria Eduarda Scroccaro montagem: Leonardo Bechtloff; estratégia de distribuição: Marcus Ayres.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]