• 14/04/2020 15:40
Crime em 2005

Após 15 anos, acusado de matar a missionária Dorothy Stang é preso em SP

  • 14/04/2020 15:40
  • PorGazeta do Povo, com agências
    Túmulo de Dorothy Stang, em Anapu
    Túmulo de Dorothy Stang, em Anapu| Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

    Ver Post

    Um dos acusados de matar a missionária Dorothy Stang foi preso pela Polícia Militar, em Itapetininga, no interior de São Paulo. A norte-americana foi assassinada a tiros, em 2005, em Anapu, no Pará. O nome do preso não foi divulgado pela Secretaria de Segurança Pública de São Paulo. A PM recebeu uma denúncia anônima sobre o paradeiro do acusado. Segundo informações da Agência Brasil, o homem estava em frente a um imóvel e tentou fugir quando avistou os policiais. No interior da casa, a PM encontrou documentos falsos. Segundo o Ministério Público, a missionária foi morta porque defendia a implantação de assentamentos para trabalhadores rurais em terras públicas que eram reivindicadas por fazendeiros e madeireiros da região.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.