• 25/11/2020 18:30
Proposta

Aras sugere criação de unidades de combate à corrupção nas capitais

  • 25/11/2020 18:30
  • PorEstadão Conteúdo
    Procurador-geral da República, Augusto Aras, entrou com ação no STF para acabar com a aposentadoria especial de ex-governadores
    O procurador-geral da República, Augusto Aras, sugeriu ao Conselho Superior do Ministério Público Federal (CSMPF) a criação de novos ofícios especializados exclusivamente no combate à corrupção.| Foto: Evaristo Sá/AFP

    O procurador-geral da República, Augusto Aras, sugeriu ao Conselho Superior do Ministério Público Federal (CSMPF) a criação de novos ofícios especializados exclusivamente no combate à corrupção. A ideia é que as unidades sejam instituídas em todas as capitais. A proposta foi encaminhada na segunda-feira (23), ao conselheiro Alcides Martins, relator de um procedimento que trata do redesenho do Ministério Público Federal e do modelo das forças-tarefa, a fim de que seja levada para apreciação do colegiado. A ideia é que, em um primeiro momento, esses novos ofícios sejam alocados temporariamente nas procuradorias do Paraná e do Rio de Janeiro em razão do volume de investigações. Após um ano, os procuradores designados para a 'experiência-teste' voltariam aos Estados de origem. "Nesse período, os procuradores da República titulares desses novos ofícios especializados exclusivos redistribuídos colaborarão com o tratamento do acervo formado nessas unidades no combate à corrupção, assim como se inteirarão das boas práticas ali adotadas, que replicarão em suas unidades de origem quando do término da redistribuição de seus ofícios", sugere Aras.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.