• 23/11/2020 21:45
Benefício

Auxílio emergencial deverá ser extinto no final do ano, diz Guedes

  • 23/11/2020 21:45
  • PorEstadão Conteúdo
    Paulo Guedes disse que o auxílio emergencial deverá ser extinto no fim do ano com o recuo dos casos da Covid-19 no Brasil.
    Paulo Guedes disse que o auxílio emergencial deverá ser extinto no fim do ano com o recuo dos casos da Covid-19 no Brasil.| Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

    O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que o auxílio emergencial deverá ser extinto no fim do ano com o recuo dos casos da Covid-19 no Brasil. "Os fatos são que a doença cedeu bastante e a economia voltou com muita força. Do ponto de vista do governo, não existe prorrogação de auxílio emergencial", afirmou o ministro, em evento virtual organizado pela Empiricus. Guedes disse que vai atuar com "evidências empíricas" e que há muita pressão política pela prorrogação do auxílio emergencial. "Estamos preparados para reagir, mas não adianta criar fatos que não existem. Se tiver segunda onda [da pandemia], já sabemos como reagir, o que funcionou e o que não funcionou, sabemos o nome dos beneficiários que realmente precisam", completou.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.