• 21/10/2019 23:44
Crise interna

Bolsonaro quer que Eduardo desista de embaixada e fique no Brasil para “catar cacos” do PSL

  • 21/10/2019 23:44
    • Gazeta do Povo
    O presidente Jair Bolsonaro desembarca em Tóquio, Japão
    O presidente Jair Bolsonaro desembarca em Tóquio, Japão| Foto: José Dias/PR/Agência Brasil

    Em entrevista à imprensa nesta segunda-feira (21), no Japão, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que seu filho, deputado federal Eduardo Bolsonaro, deve ficar no Brasil para ajudar a pacificar a crise interna no PSL, abrindo mão de seua indicação à embaixada brasileira nos EUA. A informação é da Folha de S. Paulo.

    Aos jornalistas, o presidente afirmou que “no meu entender, [o mais estratégico] é ele ficar no Brasil, até para pacificar o partido e ver o que pode catar de caco, porque teve gente que foi para o excesso. É igual um casal, chega um ponto de um problema que não tem mais retorno por parte de alguns".

    Bolsonaro disse ainda não querer interferir na decisão de do filho e emendou que “obviamente, isso o Eduardo vai ter de decidir nos próximos dias, talvez antes de eu voltar ao Brasil”. As declarações foram dadas antes da cerimônia de entronamento do novo imperador japonês, primeiro compromisso do presidente na atual viagem ao exterior.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.