• 07/08/2019 14:46
Imunidade

Bolsonaro quer simplificar prestação de contas de igrejas e descarta criar taxas

  • 07/08/2019 14:46
  • PorEstadão Conteúdo
    jair bolsonaro e michelle bolsonaro durante celebração
    Jair Bolsonaro, e a Primeira-Dama Michelle Bolsonaro, durante a celebração| Foto: Isac Nóbrega/PR

    Jair Bolsonaro descartou a possibilidade de estabelecer taxas para igrejas e defendeu simplificar a prestação de contas de entidades religiosas - igrejas têm imunidade tributária no Brasil. Durante encontro com integrantes da bancada evangélica, o presidente disse que é necessário descomplicar e que “não pode cada igreja ter que ter um contador”. Evangélicos reclamam da obrigação de organizações religiosas pagarem imposto sobre a renda dos pastores. Também pedem que as entidades sejam liberadas de determinadas demonstrações contábeis. Embora protegidas por lei de tributação na sua arrecadação, as igrejas possuem obrigações acessórias para obter a isenção, o que pode gerar multas.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    Máximo 700 caracteres [0]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.