• 22/08/2019 11:08
Interferência

“Se eu não posso trocar o superintendente, eu vou trocar o diretor-geral”, diz Bolsonaro sobre a PF

  • 22/08/2019 11:08
  • PorGazeta do Povo com Estadão Conteúdo
    bolsonaro
    Jair Bolsonaro fala ocorre após mudanças na superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro| Foto: Agência Brasil

    O presidente Jair Bolsonaro reforçou nesta quinta-feira (22) que o diretor-geral da Polícia Federal (PF), Maurício Valeixo, é subordinado a ele, e não ao ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio Moro. Bolsonaro não descartou a possibilidade de eventualmente trocar o chefe da PF. “Se eu não posso trocar o superintendente, eu vou trocar o diretor-geral. Não se discute isso aí", afirmou. Questionado se realmente pode substituir o chefe da PF, Bolsonaro respondeu que, se o fizer, será "na hora certa". "Se é para a não interferência, o diretor anterior, que é o que estava lá com o (ex-presidente Michel) Temer, tinha que ser mantido”, disparou. Ontem, o presidente afirmou ser um mandatário que pode "interferir mesmo" em alguns órgãos federais se for preciso e que se for para ser um "banana" está fora.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    Máximo 700 caracteres [0]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

      Fim dos comentários.