• 22/10/2019 15:52
Trocado pelo partido

Sem saber, Delegado Waldir vai à comissão e recebe aviso que não é mais membro

  • 22/10/2019 15:52
  • PorRoger Pereira
    Líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir (GO) chamou Jair Bolsonaro de "vagabundo" em áudio vazado à imprensa.
    Ex-líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir (GO) foi retirado de comissão| Foto: Renato Costa/Estadão Conteúdo

    Na reunião desta terça-feira(22), na comissão especial que trata da reforma da previdência dos militares, o ex-líder do PSL na Câmara, deputado Delegado Waldir (PSL-GO), membro da comissão desde o início dos trabalhos, teve a palavra negada pelo presidente da comissão, deputado José Priante (MDB-PA). “Infelizmente, o senhor não é mais membro da comissão”, informou Priante. “Eu queria, então, agradecer ao governo por me excluir da comissão. E lembrar que isso aqui era uma bandeira do presidente Bolsonaro. Ele está abandonando a bandeira dele para fazer uma manobra para afastar esse líder. Bolsonaro está sendo covarde à principal base dele”, declarou. Na sequência, atacou o deputado Vitor Hugo (PSL-BA). "É uma pena que o partido do governo tenha colocado nesta comissão apenas oficiais para defender os interesses dos oficiais. É uma pena que os salários dos soldados, dos cabos, dos sargentos continuem uma miséria."

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    Máximo 700 caracteres [0]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

      Fim dos comentários.