• 05/12/2019 20:36
Após Paraisópolis

Governo Doria cogita câmera em fardas e viaturas para coibir violência policial

  • 05/12/2019 20:36
    • Estadão Conteúdo
    Governador de São Paulo, João Doria, admitiu rever protocolos da polícia após nove mortes em Paraisópolis.
    Governador de São Paulo, João Doria, admitiu rever protocolos da polícia após nove mortes em Paraisópolis.| Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

    Após a morte de nove pessoas em Paraisópolis, o governo João Doria (PSDB) quer usar câmeras nas fardas e viaturas dos policiais militares, além de drones, para filmar as operações da PM em São Paulo. Doria disse ter se chocado ao assistir um vídeo de agressão no baile funk da comunidade e admitiu, pela primeira vez nesta quinta-feira (5), a possibilidade de revisar protocolos das polícias. "Se existirem falhas, e elas forem apontadas, aqueles que falharam serão punidos", afirmou, em evento no Palácio dos Bandeirantes.

    Na segunda-feira (2), logo após a tragédia, Doria havia declarado que os procedimentos da PM seriam mantidos e defendeu a ação dos agentes em Paraisópolis.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.