• 23/11/2020 09:05
Eleições 2022

Doria diz que frente para disputa em 2022 “só” não vai admitir “extremistas”

  • 23/11/2020 09:05
  • PorGazeta do Povo
    O governador João Doria (PSDB-SP)
    O governador de São Paulo, João Doria.| Foto: Governo de São Paulo

    O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), comentou sobre a disputa presidencial nas eleições em 2022. O tucano, que é potencial candidato ao Palácio do Planalto, é desafeto político do presidente Jair Bolsonaro. “O comportamento das pessoas muda ao longo do tempo. Não há comportamento estanque, paralisado”, disse, em entrevista publicada pelo Estadão nesta segunda-feira (23).

    Ao ser questionado sobre o perfil da frente para a disputa, Doria disse apenas que "extremistas" não serão admitidos. "A frente não deve ser contra Bolsonaro, mas a favor do Brasil. A frente deve reunir o maior número possível de pessoas e pensamentos que estejam dispostos a proteger o Brasil e a população. (Essa frente) Comporta o pensamento liberal de centro, que é o que eu pratico, mas comporta também centro-direita, centro-esquerda, aqueles que têm um pensamento mais à esquerda e à direita. Só não caberá o pensamento dos extremistas, até porque os extremistas não querem compartilhar, discutir", defendeu.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.