• 25/09/2019 17:18
Grupo de trabalho

Freixo: trunfo sobre excludente de ilicitude não é “vitória da oposição”

  • 25/09/2019 17:18
  • PorOlavo Soares
  • Brasília
Marcelo Freixo e manifestantes contra ampliação do excludente  de ilicitude
Marcelo Freixo e manifestantes contra ampliação do excludente de ilicitude| Foto:

O deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ) declarou que a derrubada da expansão do excludente de ilicitude, rejeitado nesta quarta-feira (25) pelo grupo de trabalho que avalia o pacote anticrime do ministro Sergio Moro, não chega a representar uma "vitória da oposição". Freixo disse que a rejeição veio com votos de parlamentares de partidos como PP, Republicanos e PSD, "que não fazem parte de um bloco organizado".

O membro do PSOL disse também que a decisão de hoje não foi motivada unicamente pela morte da menina Ágatha. Segundo Freixo, o tema já havia despertado rejeição de muitos  parlamentares desde a apresentação da proposta.

Tudo sobre:

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.