• 16/10/2020 13:56
Bastidores de Brasília

Mudanças propostas em lei de improbidade são vistas como barganha para vaga no STF

  • 16/10/2020 13:56
  • Brasília
kelli-kadanus-bastidores-brasilia
Kelli Kadanus – Bastidores de Brasília| Foto:

O relatório do deputado Carlos Zarattini (PT-SP) que propõe mudanças na lei de improbidade administrativa é fruto do trabalho de uma comissão de juristas criada em 2018 para discutir o tema, liderada pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Mauro Campbell. Nos bastidores, há quem acredite que o ministro tem tentado “vender suavidade” na lei que pune políticos por atos contra a administração pública para se cacifar para uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF). A tese ganhou ainda mais corpo com a aproximação do presidente Jair Bolsonaro com partidos do chamado Centrão. A recente indicação de Kassio Nunes Marques para uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF) é vista como uma vitória desse grupo político.

Tudo sobre:

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.