• 02/03/2020 19:05
Adélio Bispo

Juiz manda transferir esfaqueador de Bolsonaro para “local adequado” de tratamento

  • 02/03/2020 19:05
    • Estadão Conteúdo
    Adélio Bispo, agressor do deputado Jair Bolsonaro deixa a Polícia Federal em Juiz de Fora após cerca de três horas de interrogatório
    Adélio Bispo, agressor do deputado Jair Bolsonaro deixa a Polícia Federal em Juiz de Fora após cerca de três horas de interrogatório| Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

    O juiz federal Dalton Igor Conrado, da 5.ª Vara Federal de Campo Grande, autorizou a transferência de Adélio Bispo de Oliveira da Penitenciária Federal de Campo Grande (MS) em até 30 dias. A decisão atende pedido da Defensoria Pública e do Ministério Público Federal. A transferência deverá ser realizada para que o esfaqueador confesso do presidente Jair Bolsonaro receba "recolhimento e tratamento adequado", segundo o despacho do juiz. Adélio foi absolvido do crime por ser considerado inimputável, ou seja, incapaz de responder pelos atos que praticou. A prisão preventiva do esfaqueador foi convertida em internação psiquiátrica por tempo indeterminado. O novo local de recolhimento de Adélio será definido pela Vara Federal de Juiz de Fora (MG).

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.