• 03/07/2020 19:29
"Patrulhamento ideológico"

Justiça arquiva processo que pedia suspensão de Weintraub no Banco Mundial

  • 03/07/2020 19:29
    • Gazeta do Povo
    O ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub.
    O ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub, em fevereiro de 2020.| Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

    A 4ª Vara Federal Cível do Distrito Federal negou seguimento a uma ação popular que buscava suspender a indicação do ex-ministro da Educação Abraham Weintraub a um cargo de diretor-executivo no Banco Mundial. Na avaliação do juiz Itagiba Catta Preta Neto, o processo, movido pelo deputado federal Ivan Valente (PSOL), tinha caráter partidário e "pretendia, por ordem judicial, alterar a política de atuação de órgão do Poder Executivo". Conforme o portal G1, o autor da ação apontava desvio de finalidade na indicação e episódios que renderam investigações contra Weintraub (como a declaração em que defendeu prisão para os ministro do STF, chamados pelo então ministro de "vagabundos"). No despacho, o juiz frisou que "patrulhamento ideológico não é papel do Poder Judiciário".

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    Máximo 700 caracteres [0]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.