• 02/12/2020 11:41
Operação Pomar

PF mira empresários e contadores em operação em São Paulo

  • 02/12/2020 11:41
  • PorEstadão Conteúdo
    PF prende juiz federal por venda de sentenças em precatórios milionários
    PF faz operação no interior de SP| Foto: Aniele Nascimento/Arquivo/Gazeta do Povo

    A Polícia Federal e a Receita Federal deflagram nesta quarta-feira (2) a Operação Pomar. A ação investiga crimes de fraude fiscal, lavagem de dinheiro e falsidade ideológica envolvendo empresários e contadores. Segundo a PF, as investigações tiveram início em 2019 e miram a utilização de empresas de "fachada" para emissão de notas fiscais falsas, com o objetivo de gerar créditos tributários ilegítimos.

    Os investigadores estimam que 6.036 notas fiscais com suspeitas de falsidade tenham sido emitidas apenas entre 2014 e 2017, alcançando R$ 689 milhões. Além disso, agentes cumprem 15 mandados de busca e apreensão nas cidades de Sorocaba, Votorantim e Indaiatuba, no interior paulista.

    O nome da operação faz referência ao fato de que as empresas supostamente foram constituídas em nome de interpostas pessoas, popularmente como "laranjas".

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.